Crespo critica calendário do futebol brasileiro: 'Não podemos treinar se jogamos a cada três dias'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Após o empate do São Paulo por 1 a 1, contra o Racing, da Argentina, nesta terça-feira (13), pelas oitavas de final da Libertadores, o treinador Hernán Crespo criticou a situação atual do calendário do futebol brasileiro. Segundo o treinador, a quantidade excessiva de jogos em poucos dias afeta diretamente o rendimento do time.


CONFIRA AS PARTIDAS DAS OITAVAS DE FINAL DA LIBERTADORES DA AMÉRICA!

Durante a entrevista coletiva após a partida contra o Racing, o treinador do São Paulo expôs as dificuldades enfrentadas pelo clube em meio a um calendário tão apertado quanto o brasileiro. Segundo ele, a qualidade técnica do time e as condições físicas dos atletas são prejudicadas.

- Não podemos treinar se jogamos a cada três dias. É impossível. A gente aqui trabalha o ano inteiro, sem férias, sem dias de folga. É assim. É uma situação crítica, não temos tempo para descansar - criticou Crespo.

O São Paulo vive um momento de muitos desfalques e jogadores poupados por desgaste físico. Com atletas como Luciano, Rigoni e Miranda lesionados, além de jogadores como Benítez sendo poupados por desgaste.

Na partida contra o Racing, o time teve mais um jogador importante lesionado. O atacante Eder deixou o campo no primeiro tempo após levar a mão à parte posterior da coxa.

E o calendário seguirá apertado para o Tricolor. Quatro dias após enfrentar o Racing, o time recebe o Fortaleza no Morumbi, neste sábado (17), às 17h, pela 12ª rodada do Brasileirão.

Apenas três dias depois desta partida, o time volta a enfrentar o Racing, em Avellaneda, pela partida de volta das oitavas de final. O empate em 0 a 0 é o suficiente para classificar os argentinos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos