Crespo assume culpa por empate do São Paulo: 'Se tem culpado, sou eu'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O técnico Hernán Crespo assumiu a culpa do empate do São Paulo por 2 a 2 contra o Cuiabá, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu na frente, levou a virada, mas empatou com Gabriel Sara.

ATUAÇÕES: Dupla Benítez e Rigoni funciona bem, mas São Paulo fica no empate com o Cuiabá

Em entrevista coletiva, questionado pelas falhas individuais, o argentino tratou de isentar os jogadores sobre o mau resultado do clube no Morumbi contra os cuiabanos e falou sobre a partida.

Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Liziero é um grande jogador. Os resultados não estão chegando e o culpado está aqui (aponta para si mesmo). Ele é muito importante para o time. Se tem um culpado por esse empate e maus resultados, sou eu - disse o treinador.

Crespo também analisou a partida em si, valorizando as chegadas ofensivas da equipe e as duas bolas na trave do goleiro Walter.

- Nesse jogo eles chegaram duas vezes e fizeram o gol. A realidade é essa. Pagamos muito caro o preço por cada mínimo detalhe negativo, mas acredito que se hoje um time devia vencer o jogo era o São Paulo. O São Paulo teve ocasiões para marcar, acho que foram duas vezes que a bola bateu na trave. Isso é futebol - finalizou.

O São Paulo agora volta a campo no domingo (27), quando enfrenta o Ceará, às 20h30, no Castelão, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Crespo
Crespo

Crespo assumiu culpa (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos