CRB vence o Coruripe por W.O. na estreia do Campeonato Alagoano

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


O CRB venceu o Coruripe mesmo sem precisar jogar. É isso mesmo! Alegando falta de jogadores, o Hulk não apareceu para disputar a partida e, desta forma, o Galo ficou com a vitória por W.O., pelo placar de 3 a 0.

ENTENDA O CASO
O Coruripe vem passando por sérios problemas administrativos e, nesta sexta-feira (19 de fevereiro), ocorreu o duro golpe. O técnico Elenílson Santos e nove jogadores do Hulk decidiram abandonar o clube alviverde. Os atletas que deixaram o Coruripe foram os laterais Chiquinho Bala e Lázaro, o goleiro Alexandre, o zagueiro Jan Pitter, o volante Jair Amaral, o meia Pedrinho, além dos atacantes Luciano, Etinho e André Rodrigues.

Para piorar a situação, neste sábado (dia 20 de fevereiro) mais três jogadores abandonaram o “barco”, foram eles: o lateral Clayton Carioca, o meia João Grilo e o atacante Jonny. Sem atletas suficientes para entrar em campo, o time do litoral alagoano ingressou com um pedido de adiamento da partida junto ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que através da presidente, Ana Lydia de Almeida Seabra, não aceitou.

Segundo a presidente, o clube tinha 18 jogadores no BID. Só que esses mesmos jogadores abandonaram o clube, mas o sistema da CBF não foi atualizado, pois não houve rescisão de contrato e, sim, abandono por parte dos atletas.

Cumprindo o regulamento, o árbitro Jonata de Souza Gouveia e a equipe do CRB aguardaram por 30 minutos até o W.O. ser decretado.

Na próxima rodada, o CRB enfrenta o ASA, dia 27 de fevereiro, no estádio Rei Pelé. Já o Coruripe estará de folga na 2ª rodada.

O zagueiro Gum, capitão do CRB e com passagem marcante pelo Fluminense, lamentou o ocorrido. “A gente fica chateado pelo imprevisto que aconteceu com o nosso adversário. Queríamos jogar, mas são coisas que acontecem no futebol. Espero que na próxima rodada eles tenham jogadores e tempo hábil para resolver esse problema. Vamos trabalhar agora para a próxima partida”.