Costa Rica terá segundo uniforme que homenageia campanha na Copa de 1990

EFE

São José, 19 abr (EFE).- A seleção da Costa Rica terá segundo uniforme na Copa do Mundo que homenageará a participação na edição de 1990 do torneio, que teve classificação às oitavas de final, após passar por chave que tinha Brasil, Escócia e Suécia.

A nova camisa é predominantemente branca, com listras negras no ombro, além de calções brancos.

O traje relembra o segundo utilizado na Copa da Itália, que tinha camisa com listras verticas brancas e pretas, calções e meiões brancos, que esteve em campo nos jogos contra brasileiros e suecos, na segunda e terceira rodada, respectivamente, do grupo C.

Na estreia, contra os escoceses, e nas oitavas, em duelo com a Tchecoslováquia, Costa Rica vestiu a tradicional camisa vermelha.

O uniforme alternativo do Mundial disputado em 1990 era uma homenagem ao Club Sport La Libertad, primeiro time de futebol fundado no país da América Central.

"Os jogadores daquela seleção abriram caminho para que a Costa Rica esteja onde está no mundo do futebol. Foi um torneio que marcou a história do futebol da Costa Rica", afirmou o presidente da federação local, Rodolfo Villalobos.

Na edição do torneio que acontecerá na Rússia, os costa-riquenhos estão no grupo E, com estreia no dia 17 de junho, contra a Sérvia. Cinco dias depois, o adversário será a seleção brasileira, em São Petersburgo. Por fim, o encontro do dia 27 será contra a Suíça. EFE


Leia também