CR7 garante empate do Manchester United com Chelsea, mas time segue longe de vaga na Champions League

Manchester United e Chelsea fizeram jogo sem grandes emoções (Foto: LINDSEY PARNABY / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em jogo de poucas emoções, o Manchester United buscou o empate em 1 a 1 com o Chelsea nesta quinta-feira, no Old Trafford, em jogo adiantado da 37ª rodada do Campeonato Inglês. Marcos Alonso abriu o placar, e Cristiano Ronaldo deixou tudo igual.

Confira a tabela e a classificação da Premiere League

O resultado não mexeu com os times na tabela do campeonato. O Chelsea segue na terceira colocação, com 66 pontos, e está perto de confirmar a classificação para a próxima Champions League, faltando cinco jogos. O United vive situação complicada para alcançar suas pretensões. Em sexto, com 55 pontos, e com duas partidas a mais que os adversários, o time está longe da Ligas dos Campeões e pode ficar fora até mesmo da Liga Europa.

GOLS NO SEGUNDO TEMPO

O Chelsea, que dominou a primeira etapa sem gols, abriu o placar aos 16 minutos do segundo tempo. Reece James fez o cruzamento pela lateral-direita, Kai Havertz desviou de cabeça para trás, Marcos Alonso ajeitou o corpo e bateu cruzado de primeira no canto esquerdo de David De Gea.

A resposta do United veio três minutos depois. Nemanja Matic fez o passe por elevação nas costas de Thiago Silva para o lado direito da área, Cristiano Ronaldo dominou e finalizou no canto alto de Edouard Mendy.

PROTESTOS DA TORCIDA DO UNITED MARCAM PARTIDA

O jogo ficou marcado pela insatisfação dos torcedores do United com família Glazer, proprietária do clube. E não é para menos, afinal está já será a pior campanha do time em número de pontos na era Premier League, iniciada na temporada 1992/92.

Mesmo que o United vença os três jogos que restam (Brentford em casa, Brighton e Crystal Palace fora), a equipe só poderá igualar os 64 pontos da temporada 2013/14, a primeira após a aposentadoria de Alex Ferguson.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos