CR7 e Manchester United anunciam fim de contrato às vésperas de estreia na Copa

CR7 em treinamento em Doha, no Catar (Foto: Patricia de Melo Moreira/AFP via Getty Images)
CR7 em treinamento em Doha, no Catar (Foto: Patricia de Melo Moreira/AFP via Getty Images)

Cristiano Ronaldo e Manchester United anunciaram no início da tarde desta terça-feira (22) o fim do vínculo entre às partes. A atitude acontece às vésperas da estreia de Portugal na Copa do Mundo, marcada para a próxima quinta-feira (24). Polêmicas entre clube e jogador já vinham acontecendo desde que ele deu uma entrevista explosiva ao programa Piers Morgan Uncensored, da TV britânica.

Na ocasião, CR7 criticou toda a estrutura do Manchester United, desde a direção até os técnicos que foram contratados no período, além da mentalidade dos jogadores mais jovens. Ele vinha atuando menos minutos desde a chegada do treinador Erik Ten Hag no começo desta temporada europeia.

Leia também:

"Cristiano Ronaldo deixa o Manchester United por mútuo acordo, com efeito imediato. O clube agradece a ele por sua imensa contribuição em duas passagens por Old Trafford, marcando 145 gols em 346 partidas, e deseja a ele e sua família o melhor para o futuro. Todos no Manchester United continuam focados em no progresso da equipe sob o comando de Erik ten Hag e em trabalhar juntos para obter sucesso em campo", diz o comunicado do time nas redes sociais.

CR7 também foi sucinto sobre sua saída, em nota oficial: "Após conversas com o Manchester United, concordamos mutuamente em encerrar nosso contrato mais cedo. Eu amo o Manchester United e amo os torcedores, isso nunca vai mudar. No entanto, parece que é o momento certo para buscar um novo desafio. Desejo à equipe todo o sucesso para o restante da temporada e para o futuro".

Cristiano Ronaldo estreia na Copa do Mundo às 13h de quinta-feira, contra Gana.