Coxa recebe o Prudentópolis para reagir na temporada

Lutando para sair da crise e começar para valer o ano após a eliminação na Copa do Brasil, o Coritiba joga suas fichas do primeiro semestre no Campeonato Paranaense 2017 e, neste sábado, encara o Prudentópolis, às 16 horas (de Brasília), no estádio Couto Pereira. A expectativa é de muita pressão por parte da torcida, especialmente pelo resultado do clássico diante do rival Atlético Paranaense na última quarta-feira.

O Coxa terá que se recuperar da derrota no Atletiba para começar a trilhar o caminho prometido pelos atletas no vestiário após o jogo, ou seja, rumo ao título. O zagueiro Juninho, suspenso pelo terceiro amarelo, e o volante Matheus Galdezani, que tomou uma pancada no jogo, devem ser os desfalques. Já o meia Anderson, regularizado, deve ser a novidade.

Tudo isso ainda sob o comando de Pachequinho, que segue no cargo até a diretoria alviverde encontrar um novo nome para o lugar de Paulo César Carpegiani, conforme confirmou o presidente do clube, Rogério Bacellar. “Iremos manter o Pachequinho e a comissão permanente do clube no comando da equipe até a definição do novo treinador. Faremos isso com a devida responsabilidade, mas sem tomar decisões precipitadas”, disse.

Brigando pelas primeiras colocações, o Prudentópolis tropeçou na última rodada após uma apresentação ruim diante do JMalucelli e quer retomar o embalo. Com oito pontos ganhos, a equipe do interior pode chegar à vice-liderança e começar a encaminhar a classificação para a próxima fase da competição.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X PRUDENTÓPOLIS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 04 de março de 2017, sábado

Horário: 16 hora (de Brasília)

Árbitro: Everaldo Lambert Modesto

Assistentes: João Vagner Cavalari e Fabrício da Silva Martins

CORITIBA: Wilson; Dodô, Werley, Geovane (Walisson Maia), Carlinhos; Jonas, Thiago Lopes, Anderson; Iago (Neto Berola), Rildo e Kleber.

Técnico: Pachequinho (interino)

PRUDENTÓPOLIS: Edivaldo; Lito, César Gaúcho, Diogo Alemão e Fabinho (Rodrigo); Fernando Gomes, Jean Lucas, Cícero e Baiano (Raí); Kairo e Wagner Líbano (Lucas Lourenço).

Técnico: Milton do Ó