Covington dispara contra Dana White: "Está sempre inventando mentiras sobre mim"

Escalado para enfrentar Kamaru Usman, no UFC 245, dia 14 de dezembro, Colby Covington tem alimentado uma rivalidade com o presidente do Ultimate, Dana White. E o americano não trata de aliviar o mandatário de suas críticas. Após ameaçá-lo, caso tente colocar o cinturão nele, o ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg) veio rebater acusações que ele que estaria complicando para fechar contrato para encarar o nigeriano.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Covington afirmou que não manteve contato com Dana na promoção do UFC 245, que aconteceu em novembro, em Nova York (EUA). Além disso, o lutador acusou o presidente de inventar mentiras a seu respeito, em relação a negociação para a luta contra Usman, que inicialmente estava programado para o UFC 244, mas perdeu lugar para o duelo entre Jorge Masvidal e Nate Diaz.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“É triste esse discurso que ele tenta executar e o mais triste são os fãs que realmente acreditam em qualquer coisa que sai da boca dele. Ele está sempre inventando mentiras sobre mim na mídia, fazendo essas narrativas falsas. Seja honesto ou não, as pessoas devem reconhecer o quão real eu sou. Sempre falo a verdade”, disse, emendando que o atual campeão da categoria que não estava disposto a enfrentar ninguém.

“Ele (Usman) não aceitou nenhuma luta. Ele não lutou comigo. Ele não lutaria com Jorge Masvidal . Ele não lutaria com Leon Scott (Leon Edwards). Ele não lutaria com ninguém”, completou o americano.

Em agosto deste ano, Covington enfrentou Robbie Lawler e venceu por decisão unânime dos jurados. Segundo o “falastrão”, para este combate ele recebeu mais dinheiro do que a primeira oferta que o UFC o fez para encarar Usman. Com a marra de costume, o atleta deu sua explicação.

“Eu não queria lutar quando estão me oferecendo uma quantia mesquinha e inútil quando eu construí algo maior. É um espetáculo”, finalizou o lutador, que está sem perder há sete combates no Ultimate.

No MMA profissional desde 2012, Colby Covington tem 15 vitórias e apenas uma derrota na carreira, que aconteceu para o brasileiro Warlley Alves. O americano, em 2018, conquistou o cinturão interino dos meio-médios, ao derrotar Rafael ‘Dos Anjos’, por decisão unânime dos jurados.

Leia também