Covington debocha de título simbólico disputado por Nate Diaz e Jorge Masvidal

AgFight

Colby Covington já é famoso por seus atos e declarações polêmicas – Diego Ribas

O confronto entre Nate Diaz e Jorge Masvidal, que servirá como luta principal do UFC 244, foi rotulado como a disputa pelo título de ‘Baddest Motherf***’ (em uma tradução livre, algo como ‘O mais casca-grossa’). Entretanto, um lutador do Ultimate – conhecido por sua postura polêmica – não está impressionado com o combate agendado para o próximo dia 2 de novembro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em entrevista à emissora americana ‘ESPN’, Colby Covington debochou do título simbólico criado para promover a luta entre os meio-médios (77 kg), e aproveitou para dar um novo nome a ele. De acordo com o falastrão, o currículo recente dos dois atletas não os credencia a utilizar a alcunha de ‘casca grossa’. Para ele, uma nomenclatura mais apropriada seria a de ‘journeyman’ (expressão utilizada para descrever lutadores que estão entre os melhores da divisão mas que não disputam o cinturão, similar à gíria ‘porteiro’ em português).

“Minha reação foi: ‘Oh eles querem fazer o título de ‘BMF’?’ Na verdade é o título de ‘JMF’ (Journey Motherf***). Eles estão 50-50 nos últimos anos. Nate Diaz está o que? Uma vitória e uma derrota nos últimos três anos? Como isso o torna um ‘casca grossa’? Você foi destruído por Dong Hyun Kim. Você foi completamente destruído por ‘Ralph dos Nachos’ (Rafael dos Anjos). Esses são dois caras que não conseguiram durar um round comigo. Como isso transforma Diaz em um ‘casca grossa’? Eu sou o mais ‘casca grossa’. O melhor da história”, sentenciou Covington, antes de mudar seu foco para Masvidal.

“E Jorge, duas (vitórias) e duas (derrotas) em suas últimas quatro lutas, cinco (triunfos) e cinco (reveses) nos últimos dez confrontos. Isso soa como um ‘journeyman’ (porteiro) para mim. Título de Journey Motherf*** (porteiro) no Madison Square Garden. Não vai vender nada”, finalizou ‘Chaos’.

O combate entre Colby Covington e Kamaru Usman, pelo título dos meio-médios era especulado liderar o card do UFC 244, em Nova York. Porém, um impasse financeiro nas negociações contratuais obrigou a organização a agendar a luta entre Diaz e Masvidal para o evento principal da noite.

Leia também