Covid-19: Brasil chega a 200 mil mortes com recorde em 24 horas

Matheus Ribeiro
·1 minuto de leitura
A bird sits on a cross in an area reserved for the burial of COVID-19 victims at the Nossa Senhora Aparecida cemetery, in Manaus, Brazil, on January 5, 2021. (Photo by MICHAEL DANTAS / AFP) (Photo by MICHAEL DANTAS/AFP via Getty Images)
A bird sits on a cross in an area reserved for the burial of COVID-19 victims at the Nossa Senhora Aparecida cemetery, in Manaus, Brazil, on January 5, 2021. (Photo by MICHAEL DANTAS / AFP) (Photo by MICHAEL DANTAS/AFP via Getty Images)

O Brasil registrou 1.841 novas mortes pelo novo coronavírus e 94.517 casos da doença nesta quinta (7). Com isso, o total de mortos chegou a 200.498 e o de casos a 7.961.673, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.

>> Brasil, 200 mil mortes por Covid: 200 frases de Bolsonaro minimizando a pandemia

Os números desta quinta contém dados represados de Amazonas e Rio de Janeiro, que não foram incluídos no levantamento publicado na última quarta (6) por problemas técnicos.

Na quarta (6), o país tinha 198.657 mortes e 7.867.156 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o conselho.

Leia também

Prezando pela confiabilidade nas informações, o Yahoo Brasil passou a adotar como padrão, desde 8 de junho, os dados estatísticos divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde através do Conass, e não mais os números apresentados pelo Ministério da Saúde.

Os dados do Conass também viraram referência para o Congresso Nacional, que abandonou a contagem do Ministério da Saúde. A decisão foi anunciada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre.