Courtois pega pênalti, Bélgica sofre, mas vence o Canadá na estreia da Copa do Mundo


Foi com mais sorte do que juízo, mas a Bélgica começou a Copa do Mundo com o pé direito. Os belgas foram dominados na maior parte do jogo, mas contaram com um pênalti defendido por Courtois e o gol de Batshuayi, no final do primeiro tempo, para vencer o Canadá por 1 a 0, no Ahmed bin Ali Stadium, em jogo válido pela primeira rodada do Grupo F. Com o triunfo, os belgas assumem a liderança do grupo, já que Marrocos e Croácia empataram em 0 a 0 no outro jogo da chave.

A Bélgica volta a jogar pela Copa do Mundo no próximo domingo, pela segunda rodada, contra o Marrocos, às 10h (de Brasília), enquanto os canadenses enfrentam a Croácia logo depois, às 13h (de Brasília).

COURTOIS SALVA
Quem imaginou que a Bélgica fosse tomar a iniciativa da partida foi surpreendido. O Canadá começou o jogo em sexta marcha e colocou os belgas nas cordas nos primeiros 10 minutos. Em uma das chegadas, Carrasco bloqueou chute de Jonathan David com o braço. O VAR chamou, o árbitro reviu o lance e deu a penalidade máxima. Na cobrança, Alphonso Davies, craque da seleção canadense, viu Courtois se agigantar e fazer um milagre para defender o pênalti e salvar a Bélgica.

+ Lukaku fora da Copa? Entenda por que o atacante ficou fora da estreia da Bélgica


E SÓ DÁ CANADÁ...
Nem o baque de perder pênalti serviu para tirar o ímpeto do Canadá no primeiro tempo de jogo. Com muita velocidade, a seleção canadense colocou a linha defensiva belga em apuros por várias vezes e Courtois foi importante novamente para fazer boa defesa em finalização de Johnston.

QUEM NÃO FAZ...
Apesar do primeiro tempo fraco tecnicamente, a Bélgica precisou de apenas uma chance para abrir o placar no Ahmed bin Ali Stadium. Aos 44 minutos, Alderweireld lançou, Batshuayi dominou e bateu forte para balançar as redes e colocar os belgas em vantagem antes do intervalo.

FALTOU INSPIRAÇÃO
Na volta dos vestiários, a tônica do jogo permanceceu a mesma. Em vantagem, a Bélgica deixou a bola com o Canadá e apostou nos contra-ataques. Já o Canadá, com um pouco menos de ímpeto que no primeiro tempo, seguiu com o controle ofensivo do jogo, mas sem tanta inspiração. Com poucos chutes certos e abusando dos cruzamentos, a defesa belga cortou a maioria das investidas canadenses no início da segunda etapa.

NADA FEITO
O Canadá foi com tudo para cima da Bélgica na reta final de jogo. A melhor chance de empatar foi com Larin, maior artilheiro da história da seleção canadense. Após cruzamento de Johnston, o atacante testou bonito, mas Courtois novamente apareceu para fazer bela defesa e evitar o gol. Nos acréscimos, a Bélgica segurou a bola e controlou o relógio até o apito final para sacramentar uma vitória suada.

FICHA TÉCNICA
BÉLGICA 1x0 CANADÁ

Estádio: Ahmed bin Ali Stadium, Al Rayyan (QAT)
Data e hora: 23 de novembro de 2022, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Janny Sikazwe (ZAM)
Assistentes: Jerson dos Santos (ANG) e Arsénio Marrengula (MOC)
Árbitro de vídeo: Juan Soto (VEN)
Público presente: 40.432 pessoas

Gol: Batshuayi (1-0, 45'/1T)

Cartões amarelos: Carrasco (9'/1T), Meunier (9'/2T), Onana (11'/2T) | Davies (35'/2T)

BÉLGICA: Courtois; Dendoncker, Alderweireld e Vertonghen; Castagne, Tielemans (Onana) Witsel, Carrasco (Meunier), De Bruyne e Hazard (Trossard); Batshuayi (Openda).
Técnico: Roberto Martínez.

CANADÁ: Borjan; Jonhston, Vitória e Miller; Hoilett (Larin), Hutchinson (Koné), Eustáquio (Millar) Laryea (Adekugbe), Buchanan (Osorio) e Davies; David
Técnico: John Herdman