Costa Rica se inspira na Copa do Mundo de 2014: 'Sabemos o que significa fazer algo assim pelo país'

Tejeda é um dos jogadores experientes da seleção da Costa Rica (Valery Hache/AFP)


A Costa Rica quer fazer história novamente na Copa do Mundo. Após a campanha assombrosa de 2014, a equipe caribenha caiu na fase de grupos em 2018. Desta vez, com duas campeã mundiais no grupo, o meia Yeltsin Tejeda quer se inspirar nos feitos de oito anos atrás para ser lembrado.

- O grupo está unido e com muita confiança. Lutamos e merecemos muito estar aqui. E agora que estamos, não queremos vir só para participar. Queremos seguir fazendo história. Alguns de nós estivemos na Copa de 2014, no Brasil, e sabemos o que significa fazer algo assim pelo país - afirmou Tejeda, nesta segunda-feira.

A estreia da Costa Rica é nesta quarta-feira, contra a Espanha. No grupo E ainda estão Japão e Alemanha. São, portanto, duas campeãs do mundo na chave inicial.

-> Confira a tabela da Copa do Mundo

No Mundial disputado no Brasil, todavia, eram três: Uruguai e Itália foram derrotadas. A Inglaterra apenas empatou com Navas e companhia.