Costa Rica retoma futebol, após dois meses sem jogos por pandemia

AFP
Funcionário verifica a temperatura do técnico do Sport Herediano, o argentino José Giacone, antes de treino dessa equipe costa-riquenha de futebol em Heredia, Costa Rica, em 4 de maio de 2020
Funcionário verifica a temperatura do técnico do Sport Herediano, o argentino José Giacone, antes de treino dessa equipe costa-riquenha de futebol em Heredia, Costa Rica, em 4 de maio de 2020

Dois modestos clubes da Costa Rica, Guadalupe e Limón, receberam uma responsabilidade impensável no início do ano: dar o pontapé do reinício do futebol no continente americano, suspenso desde março pela pandemia do novo coronavírus.

Horas depois, enfrentaram dois dos clubes mais populares do país, Cartaginés e Alajuelense, com vitória deste último por 2-0, na qualidade de visitante.

As primeiras das seis partidas que completam a 16a rodada do Torneio de Encerramento, foram disputadas sem público e sob rígidas medidas de segurança para controlar a propagação do coronavírus.

O jogo inicial entre guadalupanos e limonenses foi disputado à tarde, no estádio Eladio Rosabal Cordero de Heredia, sede do Guadalupe, que ganhou por 1-0.

O único país latino-americano que não suspendeu seu campeonato de futebol foi a Nicarágua. Com pouca tradição no esporte, o país não adotou grandes ações para conter a pandemia do novo coronavírus.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também