Corredor brasileiro reclama de mau comportamento e 'barulheira' de funk em quartos: 'Tremendo de raiva'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Sem conseguir dormir por conta do mau comportamento de outros atletas nas Olimpíadas, o corredor brasileiro Altobeli da Silva viu nas redes sociais uma forma de desabafar. Na manhã deste sábado (no Brasil), quase domingo no Japão, o esportista publicou uma sequência de vídeos em que relata sons exageradamente altos em quartos vizinhos do hotel em que está hospedado. O protesto foi feito por volta das 22h30 (horário de Tóquio).

- Estou com um estresse aqui, galera. Chego a estar tremendo de tanta raiva, de tão nervoso aqui no Japão. Estou cansado, ouço uma barulheira aqui na porta do quarto, som de funk de atletas que treinam meio período. Eu treino pra c***, treino dois, pegado. Tem atletas que vêm fazer só participação aqui nos Jogos Olímpicos, não vem com proposta, com objetivo - disse o corredor.

Leia também

- Eu vim com proposta, com objetivo, por isso que estou no meu quarto, dormindo, descansando, respeitando a privacidade. É complicado, é nessas horas que você vê quem é quem, quem vai ser de verdade e quem vai ser só um na multidão - começou.

Sem apontar nomes, o corredor do Time Brasil destaca que entre os autores do descaso está um atleta que achava ser 'disciplinado pelos resultados'.

- Inclusive, escutei a voz de um atleta que eu achava que era mais disciplinado pelos resultados que tem, mas não. Tenho que falar isso aqui na rede social. Nem fui jantar para priorizar o meu descanso. Todo mundo é adulto, não precisa chamar a atenção. Tem que descer do salto - completou.

É a segunda vez que Altobeli disputa a Olimpíada. Em 2016, no Rio de Janeiro, terminou em nono na final dos 3.000m com barreiras. O atletismo estreia na próxima sexta-feira (30).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos