Coronavírus: Mesmo com alerta da OMS, Trump diz que "americanos querem voltar ao trabalho"

Yahoo Notícias
U.S. President Donald Trump participates in a televised “virtual town hall” on the coronavirus response in the Rose Garden at White House in Washington, U.S. March 24, 2020. REUTERS/Jonathan Ernst
U.S. President Donald Trump participates in a televised “virtual town hall” on the coronavirus response in the Rose Garden at White House in Washington, U.S. March 24, 2020. REUTERS/Jonathan Ernst

Mesmo com o anúncio da Organização Mundial da Saúde de que os EUA poderiam ser o novo epicentro da pandemia do novo coronavírus, o presidente Donald Trump colocou em seu Twitter que os “americanos querem voltar ao trabalho”, colocando fim ao isolamento.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Nas últimas 24 horas, 40% dos novos casos mundiais da doença viram dos EUA, onde já há mais de 42 mil contaminados.

Leia também

Trump tuitou: “Nossa população quer voltar ao trabalho. Eles vão praticar o distanciamento social e tudo mais, e os idosos serão vigiados de forma protetora e amorosa. Nós podemos fazer duas coisas ao mesmo tempo. A CURA NÃO PODE SER (DE LONGE) PIOR DO QUE O PROBLEMA! O Congresso DEVE AGIR AGORA. Vamos voltar fortes!”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A OMS elogiou a nova política de Washington de fazer testes em massa com a população e esforços extras para isolar os contaminados, conseguindo de certa forma “rastrear” o caminho do vírus.

Leia também