Tipo sanguíneo A pode ser mais vulnerável ao coronavírus, diz estudo chinês

Yahoo Notícias
Foto: Marcelo Hernandez/Getty Images
Foto: Marcelo Hernandez/Getty Images

Um estudo feito por chineses sugere que pessoas com tipo sanguíneo A podem ser mais vulneráveis ao novo coronavírus (Sars-Cov-2). Por outro lado,  quem tem o tipo O seria mais resistentes. A pesquisa preliminar analisou sangue de mais de 2 mil pacientes com a Covid-19, nas cidades Wuhan e Shenzhen, na China.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Para comparar, foram usados padrões de tipos sanguíneos de pessoas saudáveis na mesma população. Os cientistas, segundo  a Gazeta do Povo, chegaram à conclusão  que pacientes infectados de tipo sanguíneo A mostraram uma taxa de infecção maior, além de uma tendência de desenvolver sintomas mais severos. 

Leia também:

Dos 206 pacientes que morreram em Wuhan, 85 tinham sangue tipo A  - 63% a mais  do que as mortes de pessoas com tipo sanguíneo O.  Ainda não há explicação científica para tal relação.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Primeira morte no Brasil

O estado de São Paulo registrou o primeiro caso de morte por coronavírus. A vítima fatal do Brasil é um homem de 62 anos, que estava internado em um hospital particular. Ele tinha histórico de diabetes, hipertensão e hiperplasia - quando há um aumento benigno da próstata. A informação foi divulgada pelo Governo do Estado e confirmada pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a Secretária Estadual de Saúde, São Paulo tem 152 casos confirmados da doença até esta segunda-feira, com mais 1.777 casos suspeitos. Em todo o Brasil são 234 casos confirmados, de acordo com o Ministério da Saúde. Secretarias da Saúde, porém, indicaram 301 casos do Covid-19 neste terça-feira.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também