Coronavírus: governo de SP registra 25 mil casos a menos na capital do que prefeitura

Yahoo Notícias
People walk with bags at a popular shopping street amid the coronavirus disease (COVID-19) outbreak, in Sao Paulo, Brazil, June 19, 2020. REUTERS/Amanda Perobelli
People walk with bags at a popular shopping street amid the coronavirus disease (COVID-19) outbreak, in Sao Paulo, Brazil, June 19, 2020. REUTERS/Amanda Perobelli

Apesar da discrepância dos números apresentados entre a cidade de São Paulo e o estado, espera-se que a capital paulista entre numa nova fase de relaxamento da quarentena em razão do novo coronavírus. O anúncio deve ser feito nesta sexta-feira.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O governo de São Paulo contabiliza, até seu último boletim, 25 mil novos casos confirmados a menos do que os dados oficiais divulgados pela Prefeitura de São Paulo. Vale lembrar que a variação de casos semanais é um dos cinco critérios usados para autorizar a reabertura de setores da economia.

Leia também

A capital deve entrar na fase amarela, com reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza de forma mais restrita. Atualmente a capital está na fase laranja, com comércio de rua e shoppings liberados.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Na quinta, o Centro de Contingência informou que o interior do estado havia passado pela primeira vez a capital em números de casos. A capital teria 113.261 casos confirmados contra 125.561 do interior. O boletim da Prefeitura de São Paulo, porém, informou que a cidade tem 138.339 casos de covid-19. Ou seja, a doença ainda estaria concentrada na capital.

A discrepância de números não é de hoje. Na segunda (22), o secretário do Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, já havia afirmado que o interior passou a capital em novos casos semanais. Na semana entre 15 e 21 de junho, segundo Vinholi, o interior registrou 17.932 novos casos, e a capital 15.342. A prefeitura, todavia, registrou 21.463 novos caos para o período, novamente acima do apontado para o interior.

Nesta quinta, o governo voltou a afirmar que os casos avançam mais no interior. “Em apenas quatro dias (21 a 24 de junho), a pandemia avançou 28,7% a mais fora da cidade de São Paulo”, diz release do governo. O interior, segundo o estado, teria 10.752 novos casos contra 7.670 da capital. Para o mesmo período, boletins da prefeitura de São Paulo apontou para 20.517 novos casos, praticamente o dobro do interior.

O diretor de Controle de Doenças do estado, Paulo Menezes, afirmou que o governo vai explicar a "discrepância".

Semana “nervosa”

O boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura na quarta-feira (24) apontou 18.990 novos casos em relação ao dia anterior (23). A gestão municipal justificou o recorde diário em razão de uma correção do após instabilidade no sistema do Ministério da Saúde.

Esse número só foi menor que os 19.030 novos registros do estado em 19 de junho, quando uma subnotificação causada por dois dias de erros na plataforma do SUS foi corrigida.

Desconsiderando esse período, o recorde de casos diários no estado foi nesta quinta (25), com 9.765 registros. Porém, esse balanço não reflete os números da capital registrados no dia 24.



Leia também