Coronavírus consegue se "camuflar" dentro do corpo, diz pesquisa

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Outbreak of Chinese influenza - called a Coronavirus or 2019-nCoV, which has spread around the world. Danger of a pandemic, epidemic of humanity. Human cells, the virus infects cells. 3d illustration
Outbreak of Chinese influenza - called a Coronavirus or 2019-nCoV, which has spread around the world. Danger of a pandemic, epidemic of humanity. Human cells, the virus infects cells. 3d illustration

Um estudo publicado nesta sexta-feira (24) pela "Nature Communications" mostra que uma enzima faz com que o novo coronavírus consegue fazer alterações genéticas e não ser rastreado como invasor no sistema imunológico da vítima.

A descoberta pode ajudar no desenvolvimento de novos medicamentos contra a Covid-19, dizem os pesquisadores.

Leia também

Eles analisaram a estrutura da enzima nsp16, que o vírus produz para modificar o seu RNA mensageiro. O RNA, vale lembrar, tem funções biológicas importantes como a codificação genética, e a regulação e expressão dos genes, entre outras atribuições.

Os cientistas acreditam que desvendar a estrutura em três dimensões da nsp16 pode ajudar na produção de medicamentos, já que outras moléculas encontradas conseguiram inibir a ação da enzima.Assim, o sistema imunológico atacaria diretamente o vírus invasor.