Coronavírus cancela 'festões' e até barzinhos de aniversários

Yahoo Notícias
Mesmo ao ar livre, aglomeração de pessoas ajuda a propagar o vírus (Foto: Getty Creative)
Mesmo ao ar livre, aglomeração de pessoas ajuda a propagar o vírus (Foto: Getty Creative)

Em tempos de coronavírus, quem faz aniversário vai ter de deixar a comemoração para o próximo ano. Mesmo ao ar livre, com pouca gente, o momento não é propício para festas ou para reunir pessoas.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Todo ano Ana Paula Marcondes e a irmã fazem uma comemoração conjunta. Em 2020, ela faz 28 e a irmã 30 anos. Elas contrataram buffet, músicos, convidaram os amigos e família para comemorarem no dia 28 de março.

“Com as notícias do coronavírus em outros países e a chegada ao Brasil, não teve como manter os planos. Nossa responsabilidade social falou mais alto”, afirma Ana Paula. “Sabemos que não é a hora de juntar 75 pessoas para comemorar, porque o afastamento social é necessário para combater o avanço da doença.”

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Para ela, a decisão foi fácil, ainda mais por ter avós de 87 anos, parte do grupo de risco. “A saúde e o bem-estar deles é uma prioridade para nós. Estamos chateadas, mas também sabemos que não é o fim do mundo”, opina.

Mesmo quem faria uma comemoração menor teve de mudar os planos. É o caso de Fernanda Silva, que pretendia reunir os amigos em uma casa de shows no próximo sábado. Ela e a irmã gêmea, Izabela, que completam 24 anos, pretendem esperar e fazer uma comemoração dupla: de aniversário e fim da quarentena.

Leia também:

“Eu e minha irmã gêmeas estávamos muito animadas, é meu dia preferido do ano, mas esse ano a comemoração vai ficar mais distante. Estamos sentindo carinho e amor a distância! Com certeza vamos comemorar”, garante.

Leia também