Coronavírus: SP e RJ têm transmissão local e casos sobem para 98 no Brasil

Yahoo Notícias
Balanço do Ministério da Saúde confirmou a transmissão local em SP e no Rio. (Foto: Erasmo Salomão/Imprensa/Ministério da Saúde)
Balanço do Ministério da Saúde confirmou a transmissão local em SP e no Rio. (Foto: Erasmo Salomão/Imprensa/Ministério da Saúde)

Um balanço do Ministério da Saúde mostra que subiu para 98 o número de casos confirmados do novo coronavírus Sars-CoV-2 no Brasil. Até esta quinta (12), eram 77 casos. Segundo o ministério, também já há registro de transmissão sustentada do vírus em duas capitais: São Paulo e Rio de Janeiro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Os dados devem ser detalhados na tarde desta sexta-feira (13). Com a atualização dos números, já são 13 estados com casos confirmados. O maior número ocorre em São Paulo, com 56 registros.

Leia também:

Em seguida, estão Rio de Janeiro (16), Paraná (6), Rio Grande do Sul (4), Goiás (3), Santa Catarina (2), Bahia (2), Minas Gerais (2), Pernambuco (2), Espírito Santo (1), Alagoas (1), Rio Grande do Norte (1) e Distrito Federal (2).

Em São Paulo, a confirmação da doença em um casal fora da capital paulista e sem contato com pacientes com exame confirmado mostra que já há transmissão sustentada da Covid-19, informou nesta quinta o coordenador do comitê de emergência do estado, David Uip.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Notícias no Google News

Em outras regiões, autoridades já se preparam para um forte aumento nos registros nos próximos dias. Segundo o ministério, o número de casos pode ser maior, já que mais estados podem ainda atualizar registros no sistema.

Ao menos 1.485 pacientes atendidos na rede de saúde aguardam resultado de exames. Outros 1.344 tiveram o diagnóstico descartado para a Covid-19.

O avanço do vírus em diferentes países fez a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarar que a situação já representa uma pandemia.

A mudança trouxe reflexo nos critérios adotados pelo Brasil para identificar possíveis casos da doença.

Até então, entravam na análise para o coronavírus casos de pacientes com febre e outros sintomas -como tosse e dificuldade para respirar- e histórico de viagens a países da América do Norte, Ásia e Europa, além de Austrália, Argélia e Equador.

Agora, a orientação prevê que sejam analisados todos os casos de pacientes com sintomas e histórico de viagem internacional.

da FolhaPress

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também