Coronavírus: por pandemia, Botafogo deve adiantar férias dos jogadores

Sergio Santana
LANCE!

Diante do surto do coronavírus, o Botafogo quer tomar medidas visando o possível retorno do calendário do futebol brasileiro. Com a tendência de que as competições estaduais e nacionais não retornem tão cedo por conta do COVID-19, a diretoria do Alvinegro tem a ideia de adiantar as férias dos jogadores e dos funcionários. A notícia foi dada primeiramente pelo "O Dia" e confirmada pelo LANCE!.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

A pandemia do novo coronavírus fez com que a CBF estendesse o calendário até dezembro, já que a tendência é que o futebol não retorne pelos próximos 40 dias. Ao mesmo tempo, a entidade permitiu que os clubes liberassem o período de férias agora, no final do mês de março. O Botafogo assim o fará, mas não depende apenas dele.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também

Existe uma ideia que os clubes do país vão propor para o Sindicato dos Atletas de adiantar as férias por conta da pandemia e o Botafogo faz parte dos times que concordam com tal ação. Os jogadores, portanto, ainda não foram comunicados de qualquer tipo de ação.

O desejo do presidente Nelson Mufarrej, ao lado de outros membros da diretoria, era de que o período de férias - previsto para dezembro - fosse colocado para o começo da próxima semana, mas ainda não há uma previsão concreta para tal. Se tudo corresse como o esperado, os atletas entrariam no recesso no mais tardar na próxima terça-feira. Seriam 30 dias corridos de férias.

Os jogadores serão comunicados da decisão. A previsão inicial era de que todos retornassem às atividades no dia 30 de março, uma segunda-feira, algo inviável pensando no atual cenário do país. Como o calendário e as competições ficarão em curso até dezembro, a diretoria entendeu que a melhor opção era adiantar o período de férias.

Leia também