Coronavírus impede qualquer nova negociação, mas Flamengo mantém conversas pela renovação do Mister

Matheus Dantas
LANCE!


Diante da seriedade da situação causada pela pandemia do coronavírus - e de suas consequências -, o Flamengo, por ora, mantém-se fora de qualquer nova negociação por reforços. Há um consenso na direção que não é o momento, e sequer há a possibilidade, de abrir tratativas por um jogador no cenário atual.

A paralisação do futebol, em si, já é problemática para o início e avanço das tratativas por reforços, mas não é dos maiores desafios. Em contato com a reportagem do LANCE!, membros da diretoria do Flamengo ressaltaram os fechamentos das fronteiras, variações cambiais e os cancelamentos de voos internacionais, entre outras questões, como empecilhos na atual conjuntura.

Em suma, além daquelas negociações que já existiam antes da pandemia da
COVID-19 ter impacto mundial, o Flamengo não tem outras tratativas em curso.

Com a suspensão dos jogos, a preocupação quanto à questão financeira do clube existe, mas a percepção é de que o clube não sofrerá tanto quanto os demais clubes do Brasil e da América do Sul. Afinal, o Flamengo, hoje, tem outras fontes de receita importantes além da bilheteria e direitos de televisão.







SITUAÇÃO DE JORGE JESUS É DIFERENTE

Se não há novas negociações em curso, a tratativa pela renovação de Jorge Jesus segue - e como prioridade na Gávea. Na última semana, entre os resultados positivo fraco ou inconclusivo e o negativo dos testes do técnico para coronavírus, a prorrogação de seu vínculo ficou em segundo plano.

A tendência é que, agora, as partes voltem a discutir a questão financeira.

Diante da pandemia da COVID-19, a diretoria enxerga o caso do Mister de forma diferente, uma vez que ele já apresentou resultados (ótimos) e está integrado ao dia a dia do clube. Contudo, o coronavírus também terá um impacto nesta negociação com o técnico, especialmente nos valores do contrato, com a desvalorização da moeda brasileira frente ao euro e ao dólar.

A situação é vista como complicada, mas o otimismo pela permanência de Jorge Jesus segue, apostando-se na boa relação entre as partes e no desejo explicito do treinador em dar sequência ao trabalho no Rubro-Negro da Gávea.

A ideia é pela prorrogação do vínculo do português com o Flamengo até dezembro de 2021, no final do mandato do presidente Rodolfo Landim.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também