Coronavírus: Atacante não consegue voltar ao seu clube e trabalha em farmácia na Espanha


Toni Dovale, atacante espanhol que atuava no Navy FC, da Tailândia, mudou completamente seu estilo de vida após a pandemia do novo coronavírus. Após voltar à Espanha para passar férias de fim de ano, o jogador não conseguiu retornar para o futebol tailandês por conta do vírus e, como seu contrato se encerrava em novembro, está atualmente sem clube. Aos 29 anos, Dovale iniciou outro trabalho fora dos gramados em uma Farmácia.

O jogador tem diploma no curso de farmácia e resolveu correr atrás da experiência prática que havia ficado pendente desde o fim da graduação.

- Tinha as experiências práticas pendentes e, para não perder tempo, sigo treinando de manhã. À tarde, vou à farmácia. Estou aqui há um mês e preciso de quatro meses de prática, disse em entrevista ao jornal 'La Voz de Galicia'.

O atacante também falou sobre sua perspectiva para o futuro como jogador, mas revelou que existem complicações para voltar para Tailândia em meio a pandemia do novo coronavírus.

- Eu ia voltar em fevereiro, mas adiei um pouco. Tinha opções bastante avançadas com uma equipe, mas os cidadãos espanhóis que querem ir para lá devem passar por uma quarentena - disse.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também