Coronavírus: advogado admite abalo na Botafogo S/A, mas se diz animado


O coronavírus trouxe severas mudanças ao futebol. Tanto dentro quanto fora de campo, clubes do Brasil estão sendo obrigados a se reinventar para superar os efeitos da pandemia. Este foi o caso da Botafogo S/A. O projeto que visa profissionalizar o departamento de futebol do Alvinegro com a chegada de investidores externos passou por uma nova análise.

- Tivemos que fazer um reestudo completo em razão da pandemia, estimamos uma perda expressiva de receita do clube nos próximos meses e isso afeta um projeto como um todo. O investidor tinha uma expectativa de rentabilidade, então tivemos que redimensionar o projeto, receitas e despesas para reapresentar aos investidores números palatáveis, e não uma fantasia. Dedicamos esses últimos 60 dias nisso - admitiu André Chame, uma das pessoas diretamente envolvidas na Botafogo S/A, em entrevista ao "Canal Fabiano Bandeira".

O advogado que o COVID-19 chegou a abalar os envolvidos no projeto de clube-empresa, mas que tudo já foi reestruturado. De acordo com André Chame, os possíveis investidores que vinham conversando com o Botafogo antes da pandemia não deram para trás.



- Nosso nível de otimismo foi bastante abalado com a pandemia, porque tivemos que trabalhar praticamente do zero em termos de números nesses 60 dias. Deu uma desanimada, o futebol foi uma atividade extremamente afetada por conta dessa pandemia. Porém, continuamos animados, nas últimas duas semanas retomamos pesadamente conversas com quem já vínhamos conversando e a receptividade tem sido boa. Essas duas semanas foram animadoras - afirmou.

André, que trabalha no escritório "Kalache Chame Braga Advogados", elogiou o trabalho feito pela equipe envolvida na Botafogo S/A. O advogado afirmou que a resposta de todos têm sido positiva para com os números apresentados.

- Tenho certeza de que esse é o projeto mais responsável e mais bem montado que já foi feito até hoje no Brasil em termos de reestruturação de clube. Todos que olham o projeto se impressionam, é um projeto inédito no futebol brasileiro - revelou.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também