Cormier revela que esposa o impediu de jogar cinturão do UFC no lixo

Daniel Cormier recebeu seu cinturão dos meio-pesados (93 kg) de volta após a confirmação do doping de Jon Jones, mas o campeão não parece estar tão feliz com isso. O americano ficou tão irritado com sua segunda derrota para Bones que chegou a pensar em jogar fora o objeto tão precioso. Ao menos foi o que confessou o próprio atleta, que não conseguiu controlar a frustração mesmo após ser informado sobre a situação do seu rival.

Assim como o primeiro teste realizado, a amostra B de Jones confirmou a presença de esteroides. Com isso, a luta realizada no UFC 214, no fim de julho, teve seu resultado alterado para ‘no contest’ (sem resultado, em inglês). A Comissão Atlética da Califórnia ainda vai ouvir ‘Bones’ antes de decidir pena do lutador, mas com a mudança no cartel de cada atleta, o título voltou para Daniel Cormier.

Em entrevista ao programa ‘MMA Hour’, DC revelou que ainda não engoliu sua segunda derrota para Jones mesmo com o posterior doping do rival. O campeão iria jogar fora seu cinturão do Ultimate, e só não fez isso porque sua mulher o impediu.

“Eu estava muito irritado, cara. Eu simplesmente não podia acreditar que isso aconteceu. Você não me entende. Acho que é uma coisa de wrestling, você fica tão furioso que não pensa sobre a emoção e a reação, e depois você se arrepende. Eu teria me arrependido de ter jogado [o cinturão] fora. Minha esposa não deixou”, contou o americano ao programa ‘MMA Hour’.

Mas não foi porque ‘DC’ foi impedido de jogar o cinturão no lixo que ele o deu um lugar de destaque em sua casa. O americano revelou que tem mantido o troféu guardado no closet e que não se sente confortável para encará-lo sabendo que o resultado inicial da luta foi um nocaute a favor do seu oponente.

“Eu tive uma festa, na semana passada, para assistir as lutas do Luke [Rockhold] e do ‘Canelo’ [Álvarez], e eu tenho essa sala de cinema na minha casa com um monte de fotos, coisas de luta e memórias de todos os meus confrontos e campeonatos. E quando as pessoas chegaram, elas viram o meu título do Strikeforce, o King of the Cage e o XMMA. Aí me perguntaram: ‘Onde está o seu cinturão do UFC?’. Eu ainda não o coloquei de volta. Eu tentei jogar no lixo, mas a minha esposa não deixou, então eu o guardei no meu closet. Eu ainda não estou no ponto de pegar todos os cinturões e encará-los todos os dias”, explicou Cormier.