Cormier finaliza, mantém cinturão do UFC e Johnson anuncia aposentadoria

Os mesmos rivais, o mesmo resultado, mas um desfecho diferente. No UFC 210, realizado em Buffalo, Nova York (EUA), Daniel Cormier venceu Anthony Johnson pela segunda vez, novamente por finalização, e acabou protagonizando a despedida do rival do esporte. Johnson anunciou sua aposentadoria do esporte após o mata-leão que o fez desistir aos 3m37seg do segundo assalto.

Depois de Johnson começar o combate surpreendendo, buscando trabalhar o wrestling, especialidade de Cormier, ele acertou um chute e uma joelhada que abalaram Daniel. Mas o campeão teve calma, se recuperou e trabalhou suas derrubadas aliadas ao jogo de jiu-jitsu até alcançar a finalização no segundo round da disputa de cinturão.

- Não tenho nenhuma desculpa, apenas perdi para um cara melhor. Méritos a "DC". Tenho que dizer que essa foi a minha última luta. É algo que tenho que fazer por mim. Ainda nem falei com Dana White. Apenas meus treinadores sabiam. Me comprometi com outro emprego. É algo que sempre quis fazer, não tem nada com MMA. Cansei de levar socos na cara. Eu curti tudo isso aqui. Obrigado por tudo - declarou Johnson, emocionado, logo após o combate, anunciando sua posentadoria.

Com a vitória, Cormier mantém o cinturão pela segunda vez consecutiva. Após a luta, ele trocou provocações com Jimi Manuwa, quarto colocado no ranking dos meio-pesados do UFC.

- Falei para Jimi fingir que quer me enfrentar. Ele não quer me enfrentar, não quer nada disso. Você não pode me bater. Você sabe disso. Não minta para si mesmo - provocou, antes de ser questionado sobre uma possível revanche com Jon Jones.

- Quem? Esse cara já está apto a lutar de novo? Não fale comigo sobre um cara que não pode lutar. Quando você estiver pronto e arrumar sua vida para lutar de novo, estarei aqui esperando por você. Você sabe disso. Estou esperando há dois anos - disparou o campeão, ainda no octógono.

Daniel Cormier agora soma 19 vitórias e apenas uma derrota na carreira. Já Johnson, se aposenta do MMA com um cartel de 22 triunfos e seis reveses em sua trajetória no esporte.

Confira os resultados do UFC 210
Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson no segundo round
Gegard Mousasi nocauteou Chris Weidman no segundo round
Cynthia Calvillo finalizou Pearl Gonzalez no terceiro round
Thiago Pitbull venceu Patrick Côté na decisão dos juízes
Charles do Bronx finalizou Will Brooks no primeiro round
Card preliminar
Myles Jury nocauteou Mike de la Torre no primeiro round
Kamaru Usman venceu Sean Strickland na decisão dos juízes
Shane Burgos nocauteou Charles Rosa no terceiro round
Patrick Cummins venceu Jan Blachowicz na decisão dos juízes
Gregor Gillespie nocauteou Andrew Holbrook no primeiro round
Desmond Green venceu Josh Emmett na decisão dos juízes
Katlyn Chookagian venceu Irene Aldana na decisão dos juízes
Magomed Bibulatov venceu Jenel Lausa na decisão dos juízes




























E MAIS: