Coritiba entra com ação judicial contra Corinthians por dívida de Kazim

Cansado de esperar pelo término do pagamento da dívida do atacante Colin-Kazim Richards pelo Corinthians, o Coritiba entrou com uma ação judicial e pediu penhora num valor aproximado a 890 mil reais, referente às três últimas parcelas que não foram cumpridas pela diretoria alvinegra mais o adiantamento das restantes. O prazo para quitar a dívida é de 15 dias após a notificação, que deverá ser feita nos próximos dias.

Leia mais:

“Herdeiro” crê em lisura de Dulcídio e sonha com Copa do Mundo

Cássio quer se igualar a Ronaldo e aceita faixa de capitão na decisão 

Desde o ano passado, o Timão já atrasou o pagamento dos direitos de imagem aos jogadores duas vezes, alegando dificuldades no departamento financeiro. Neste ano, o clube deixou passar três parcelas da dívida referente ao atacante Kazim. Na penhora, o clube incluiu o acerto das primeiras parcelas,somados a juros e ao adiantamento das próximas duas.

Além do pedido, o clube de Curitiba anexou ao processo algumas notificações extrajudiciais já enviadas ao Corinthians por conta do atraso das parcelas.

O atacante foi contratado no final do ano passado e já conquistou a simpatia da torcida. Mesmo sem ter se firmado ao time titular, o “Gringo da Favela” marcou dois gols pela equipe, em 12 partidas jogadas.