Coritiba Crocodiles vence Guarulhos Rhynos e vai enfrentar o Galo FA na final do Brasileiro da CBFA

Foto (Thaís Marques) - Coritiba Crocodiles vai disputar a final do Brasileiro da CBFA


O Coritiba Crocodiles está na final do Campeonato Brasileiro promovido pela CBFA. Na tarde deste domingo (13/11), a equipe paranaense venceu o Guarulhos Rhynos por 24 a 15, no Croco Stadium, em Curitiba. Com o resultado, o “Croco” vai encarar o Galo FA no estádio Couto Pereira, na capital paranaense, no dia 27 de novembro, a partir das 13h.

Coritiba Crocodile e Galo FA voltam a disputar uma partida importante do FABR depois de cinco anos. Em 2017, as duas equipes se enfrentaram na semifinal da Liga Brasileira de Futebol Americano (Liga BFA). Naquela ocasião, os mineiros bateram os paranaenses por 17 a 10, avançaram à final e conquistaram o título após superar o João Pessoa Espectros na decisão.

Este foi o segundo confronto entre as equipes na competição e a segunda vitória do Coritiba Crocodiles. Na fase de grupos, o duelo terminou em 45 a 7, também no Croco Stadium.

A partida também foi especial para o tight end/wide receiver Athos Daniel Jr., que utilizou a camisa 80 do atleta Guilherme Walesko, que está fora da equipe em função de uma lesão nos ligamentos do joelho.

A partida começou com Athos Daniel Jr. abriu o marcado com um TD. O kicher Balka acertou o chute. Na sequência, Marcos “Marrento”, do Guarulhos Rhynos, bloqueou um punt do Coritiba Crocodiles e correu para a end zone para fazer um touchdown. O kicker João Lustosa fez o extra point. Mas na sequência, Bernardo colocou o time da casa na frente do placar novamente. Balka fez mais um ponto extra.

No segundo quarto, as defesas conseguiram reduzir o ímpeto dos ataques, mas Athos Daniel Jr. anotou seu segundo touchdown na partida aproveitando lançamento do quarterback norte-americano Talon Roggasch. Balka converteu o seu terceiro extra point na partida. Antes do intervalo, o Coritiba Crocodiles ainda conseguiu uma interceptação. As duas equipes foram para o intervalo com o placar marcando 21 a 7.

Na volta do intervalo, o Guarulhos Rhynos conseguiu um excelente avanço após um belo lançamento do QB Catullo Góes para o wide receiver Henrique Sartori. O recebedor fez a recepção e corria para a end zone, mas a defesa conseguiu o sack antes que o jogador conseguisse o TD. Com seis jardas para o gol, o time paranaense conseguiu segurar o ataque adversário, que até tentou uma quarta descida, mas não teve sucesso na conexão.

Mas o ataque do Coritiba Crocodiles não conseguiu avançar e os paranaenses tiveram que devolver a bola com um punt. Mas o ataque dos Rhynos não conseguiu avançar. Na sequência, os paranaenses também pararam na defesa do time paulista e, ao tentar devolver a bola, o punt foi bloqueado e o Guarulhos Rhynos conquistou um safety.

Na última parcial, as defesas continuaram muito forte. Com pouco mais de cinco minutos para o fim da partida, o QB Catullo Góes arriscou uma quarta descida e conseguiu fazer um lindo lançamento para Henrique Bigode na endzone. O chute não foi bom. Na sequência, o running back Bruno Santucci, do Coritiba Crocodiles, conseguiu uma excelente corrida, que conseguiu tirar o time paranaense de uma situação difícil na defesa para colocar a equipe em ótima posição no ataque.

Depois de algumas corridas, o time da casa não conseguiu entrar na endzone, mas o kicker Balka chutou um field gol, ampliou a vantagem e garantiu a vaga do Coritiba Crocodiles na final do Campeonato Brasileiro da CBFA.

O adversário do Coritiba Crocodiles na partida será o Galo FA que, na noite desse sábado (12/11), venceu o Rio Preto Weilers, por 20 a 0, no Centro de Treinamento Esportivo da UFMG, em Belo Horizonte. As duas equipes tiveram as melhores campanhas na fase de grupo, com os paranaenses em primeiro e os mineiros na segunda colocação da tábua de classificação.