Coritiba cobra Corinthians por calote na contratação de Kazim

Atacante tem um gol em dez jogos pelo Timão (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Mais de 70 dias se passaram desde que o Corinthians anunciou a contratação de Kazim, porém o clube paulista ainda não pagou qualquer real pelo atacante ao Coritiba. A venda, fechada em janeiro, renderá R$ 1,2 milhão. Chateado com a demora no pagamento, o Coxa enviou o gerente de futebol Alex Brasil a São Paulo nesta semana para cobrar o dinheiro.

Alex deixou o CT do Parque Ecológico com a promessa de que o Coritiba receberá o dinheiro em quatro parcelas, a partir do próximo mês. A diretoria corintiana alegou que tem graves problemas com o fluxo de caixa para justificar o calote em dois meses – o Timão não pagou a entrada e a primeira parcela.

Kazim foi comprado depois de uma participação razoável com a camisa do Coxa na temporada passada – ele disputou 25 partidas e balançou as redes três vezes. Pelo Timão, são dez jogos e um único gol, na vitória por 1 a 0 sobre o Audax, em Osasco.

O atacante chegou a ser titular em quatro partidas no ano, mas perdeu a posição para Jô a partir do duelo com o Santos. Desde então, foram 15 minutos no clássico em Itaquera, 26 diante do Luverdense, 45 contra a Ponte Preta e mais 14 no duelo de volta com o Luverdense.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: