Corinthians voltará a ter treino aberto! Relembre a última vez que isso aconteceu

Fernando Lázaro tem sete jogos no comando do Timão, como interino (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


O Corinthians comunicou que o treinamento desta quarta-feira (11) será aberto à imprensa. A tendência é que isso volte a ser frequente no clube durante a gestão técnica de Fernando Lázaro. Inclusive, foi com ele, enquanto interino, a última vez que o clube alvinegro abriu uma atividade no CT Joaquim Grava, no dia 23 de fevereiro do ano passado, justamente no dia em que a contratação do português Vítor Pereira foi anunciada.

Com Vítor, apenas dois treinos foram abertos, ambos em ocasiões especiais. O primeiro foi no dia 8 de julho do ano passado, três dias após a classificação corintiana às quartas de final da Libertadores. Naquela situação, o triunfo corintiano foi marcante, pois eliminou o tradicional Boca Juniors, da Argentina, em pleno La Bombonera, em Buenos Aires, em uma época que o Timão tinha 10 desfalques. O treino aberto aconteceu na Neo Química Arena como forma de agradecer a torcida, que empurrou o Corinthians para aquele sucesso e também marcou a apresentação do atacante Yuri Alberto, que havia sido contratado dias antes.

+ Endrick e outros brasileiros na lista: veja as 50 maiores promessas do futebol mundial

+ Confira as atualiazações do mercado da bola com o vaivém do L!

Já a segunda vez que o Time do Povo teve uma atividade aberta durante o comando de Vítor Pereira foi no dia 17 de outubro de 2022, antevéspera da final da Copa do Brasil, e aconteceu novamente na Neo Química Arena. O intuito era empurrar a equipe ao título, após um empate sem gols em casa no jogo de ida. Os flamenguistas já haviam sido os responsáveis pela eliminação corintiana na Libertadores, nas quartas de final, e estavam engasgados. Ainda assim, o Coringão não ficou com o troféu, perdendo nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal.

O Corinthians é um time que tem como tradição nos últimos anos a abertura constante de treinos. Técnicos com um histórico recente de conquistas, como Mano Menezes, Tite e Fábio Carille mantiveram essa prática - ainda que o último tenha fechado durante um tempo na sua segunda passagem, em 2019.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os primeiros jogos da competição estadual

Com a pandemia do novo coronavírus, em 2020, a abertura de treinos foram restritas em todo o Brasil, por questões sanitárias e de saúde. Mesmo assim, o Timão foi um dos primeiros times no país a reabrir o seu Centro de Treinamentos, no início de 2022, quando as medidas de segurança contra a propagação do vírus começaram a ser flexibilizadas. Na época, Sylvinho ainda comandava o clube.

Porém, com Vítor Pereira a prática foi vetada. O treinador português vinha de um modelo europeu onde não há o costume de abrir o cotidiano à imprensa. Além disso, ele não costumava fazer esboços de times, mas treinava as suas ideias de jogo com o grupo inteiro, para que todos tivessem noção do que a comissão técnica queria. Assim, VP entendia que a presença dos jornalistas atrapalhariam o intuito dos trabalhos.

Durante o seu tempo à frente do Corinthians, Vítor também solicitou o fim de ações comuns no clube, como a divulgação de listas de relacionados e boletins médicos nas vésperas dos jogos. Essas informações comaçaram a ser transmitidas faltando uma hora antes do início do jogo. Para o treinador português, divulgar essas informações com antecedência poderiam dar munição aos adversários.