Corinthians volta a ter dificuldades e aumenta jejum: quatro jogos sem gols

Guilherme Amaro
LANCE!
Love lamenta durante a derrota para a Chape (Matheus Sebenello/ Agif/Gazeta Press)

Vagner Love

Love lamenta durante a derrota para a Chape (Matheus Sebenello/ Agif/Gazeta Press)

O Corinthians novamente teve muitas dificuldades no ataque. Com a derrota por 1 a 0 para a Chapecoense na noite desta quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Timão aumentou o jejum: são quatro jogos sem gols.

A última vez que o Corinthians balançou a rede adversária foi no clássico contra o Santos pela ida da semifinal do Paulistão. De lá pra cá, o Timão perdeu por 1 a 0 para o Ceará, perdeu por 1 a 0 para o Santos (avançou nos pênaltis), empatou por 0 a 0 com o São Paulo, e agora perdeu novamente por 1 a 0 para a Chapecoense. Ao todo, são 417 minutos mais os acréscimos sem marcar.

Esses números, é claro, incomodam o técnico Fábio Carille. Antes do jogo contra a Chape, o treinador comentou que a ideia era ter mais posse de bola no ataque e levar perigo ao adversário, mesmo com uma equipe quase toda reserva. A estratégia, porém, não deu certo. Foram apenas duas finalizações corintianas, sendo uma no alvo e a outra para fora.

Após a partida, Carille tentou explicar por que sua equipe vem produzindo tão pouco ofensivamente.

- É uma falta de terminar melhor as jogadas. Lembro de um lance contra o São Paulo que o Vital consegue escapar e erra passe para o Gustavo. Também a tomada de decisões dos atletas precisa ser melhor. O passe no terço final. É dar tranquilidade e passar confiança para alcançarmos nossos objetivos - analisou o treinador, que tem apostado na bola aérea.

- Como a gente está sofrendo na construção, a ideia é jogar pelos lados e buscar os bons cabeceadores que a gente tem. A gente acaba trabalhando em cima disso. A nossa bola parada decidiu muito neste ano - disse.

O Corinthians volta as atenções à final do Paulistão que será disputada no domingo, no clássico contra o São Paulo, na Arena em Itaquera. Para conquistar o título sem a necessidade de pênaltis, o Timão vai precisar acabar com o jejum de gols, já que duelo de ida foi 0 a 0. O elenco retoma os trabalhos na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava.

Mais no Yahoo Esportes:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também