Corinthians visita Deportivo Cali para defender liderança do Grupo E da Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
NELSON ALMEIDA
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Depois de vencer o Boca Juniors em casa e assumir a liderança do Grupo E da Copa Libertadores da América, o Corinthians vai à Colômbia enfrentar o Deportivo Cali para se manter à frente na chave.

No domingo, o 'Timão' subiu para a ponta do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Fortaleza por 1 a 0, mas acabou perdendo o volante Paulinho, que deve ficar fora por pelo menos seis meses devido a uma ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo.

Já o Deportivo Cali só pensa na Libertadores, depois de ter sido eliminado de forma prematura do Campeonato Colombiano, do qual é o atual campeão.

O time colombiano, que derrotou o Boca em casa na primeira rodada, pode igualar a pontuação do Corinthians em caso de vitória.

A principal dúvida na equipe paulista é a presença do técnico Vítor Pereira, que testou positivo para covid-19 no final de abril e deve cumprir o protocolo de isolamento imposto pela Conmebol para ir ao jogo. Se não chegar a tempo em Cali, seu assistente Felipe Almeida estará no banco.

- Experiência de sobra -

A possível ausência do treinador português não deve afetar tanto o experiente time corinthiano, que já derrotou o Deportivo Cali na segunda rodada por 1 a 0.

O meia Renato Augusto e os atacantes Willian e Jô, que têm experiência em ligas europeias e na Seleção Brasileira, formam a espinha dorsal da equipe.

Por outro lado, todos têm mais de 33 anos e suas condições físicas preocupam a comissão técnica em meio a uma sequência de partidas.

"A gestão não foi como eu queria. Queria ter tido a oportunidade de gerir o Willian e o Maycon, e não foi possível", admitiu Pereira após a vitória de domingo, na qual o ex-jogador do Chelsea ficou em campo quase toda a partida.

Renato Augusto e Jô jogaram 45 e 30 minutos, respectivamente.

"Agora vamos ter que pensar no Cali, que vai ser duro, muito físico", acrescentou o treinador.

- Salvação de Dudamel -

A Libertadores apareceu para resgatar o treinador do Deportivo Cali, Rafael Dudamel, muito criticado pela má campanha no Campeonato Colombiano até derrotar o Boca na estreia da competição continental.

Na rodada passada, o time conseguiu um empate fora de casa contra o Always Ready, da Bolívia, depois de abrir uma vantagem de 2 a 0.

Após a saída de vários jogadores que ganharam o Campeonato Colombiano no ano passado, os principais nomes do Cali são o atacante Kevin Velasco e o zagueiro argentino Guillermo Burdisso.

"Esperamos o apoio massivo da torcida. Que nos empurrem nas arquibancadas e nos ajude a conseguir uma nova vitória na Libertadores", pediu Dudamel.

Prováveis escalações:

Deportivo Cali: Guillermo De Amores - Aldair Gutiérrez, Guillermo Burdisso, José Caldera, Christian Mafla - Jimmy Congo, Edgard Camargo, Carlos Robles- Kevin Velasco, Teófilo Gutiérrez, Angelo Rodríguez. Técnico: Rafael Dudamel

Corinthians: Cássio, Fagner, Gil, Raul Gustavo, Fábio Santos - Du Queiroz, Maycon, Renato Augusto - Róger Guedes, Willian e Jô. Técnico: Vítor Pereira

jss/vel/ol/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos