Corinthians vira contra Ponte Preta e vence primeira no Paulista

·3 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, 07.03.2021 - Jô, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre o Corinthians e Ponte Preta, válida pela 3ª rodada do Campeonato Paulista da série A 2021, realizada na Neo Química Arena, em São Paulo, na manhã deste domingo (7). (Foto: Leonardo Sguaçabia/Photo Press/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 07.03.2021 - Jô, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre o Corinthians e Ponte Preta, válida pela 3ª rodada do Campeonato Paulista da série A 2021, realizada na Neo Química Arena, em São Paulo, na manhã deste domingo (7). (Foto: Leonardo Sguaçabia/Photo Press/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em sua segunda partida desfalcado por um surto de coronavírus, o Corinthians venceu pela primeira vez na atual edição do Campeonato Paulista. Na Neo Química Arena, o time da casa bateu a Ponte Preta neste domingo (7) por 2 a 1, de virada, pela terceira rodada do estadual.

Quem saiu na frente foi a Ponte Preta, com João Veras, garoto das categorias de base da equipe. O jovem de 20 anos entrou em campo aos 27 minutos da etapa inicial, no lugar do camisa 9 Paulo Sérgio. Três minutos depois, recebeu longo lançamento, livrou-se da marcação e finalizou no canto. Na comemoração, emocionou-se.

A equipe do VAR ainda checou uma possível falta de Veras em Jemerson, mas a conclusão foi de lance legal, para reclamação dos corintianos.

O Corinthians empatou aos 45 da primeira etapa, após boa troca de passes na entrada da área a chute de Mateus Vital.

Assim como aconteceu no sábado (6), no Morumbi, uma forte chuva atingiu o estádio do Corinthians em Itaquera. Por isso, o segundo tempo foi fortemente prejudicado por um gramado encharcado.

Na etapa final, o técnico Vagner Mancini colocou Otero, meia com bom chute de longa distância para aproveitar a grama escorregadia. Ele teve uma chance de marcar de falta e desempatar a partida, mas acertou a trave.

Aos 30 minutos do segundo tempo, Jô deu a virada aos corintianos. Ele perdeu a cobrança de pênalti, defendido pelo goleiro Luan, mas aproveitou o rebote para marcar.

O camisa 77 estava a sete jogos sem balançar as redes. A Ponte nunca venceu o Corinthians na Neo Química Arena.

O time de Vagner Mancini tem 14 jogadores afastados com Covid-19 . Entre os contaminados estão o goleiro Cássio e os dois laterais, Fábio Santos e Fagner, titulares da equipe.

Em relação ao já desfalcado elenco que enfrentou o Palmeiras no meio da semana, foram quatro novos casos: Caíque França, Lucas Piton, Xavier e Ruan Oliveira. Mais outros seis atletas estão lesionados.

Foi a primeira vitória do Corinthians neste Campeonato Paulista. A equipe soma agora 5 pontos, no Grupo A.

O próximo compromisso da equipe alvinegra é contra o São Caetano, fora de casa, às 16h do próximo domingo (14).

Já a Ponte Preta segue sem vencer no Paulista. Com 1 ponto em três partidas disputadas até aqui, pode ser ultrapassada pelo São Bento (que também ainda não triunfou) e terminar a rodada na lanterna do Grupo B.

O próximo jogo do time de Campinas é em Ribeirão Preto, contra o Botafogo, às 19h do sábado (13).

CORINTHIANS

Matheus Donelli; Bruno Méndez, Jemerson, Gil e João Victor; Cantillo, Roni, Luan (Araos), Mateus Vital (Adson) e Antony (Jô); Rodrigo Varanda (Otero). Técnico: Vagner Mancini

PONTE PRETA

Luan; Apodi, Ruan Renato, Luizão e Yuri; Dawhan, Vini Locatelli (Léo Naldi) e Renan Mota (Faye); Pedrinho (Bruno Michel), Moisés e Paulo Sérgio (João Veras). Técnico: Fábio Moreno

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Raphael Claus

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho

VAR: José Claudio Rocha Filho

Cartões amarelos: Bruno Méndez e Antony; Luizão

Cartões vermelhos: Cantillo

Gols: João Veras, aos 30min, e Mateus Vital, aos 45min do 1º tempo; Jô, aos 32 do 2º