Corinthians vende 180 mil ingressos em 6 jogos, arrecada R$ 10 milhões e tem lucro líquido de R$ 5,8 milhões

·5 min de leitura


Com seis vitórias conquistadas nos seis jogos em que contou com o apoio da sua torcida neste Campeonato Brasileiro na Neo Química Arena, onde também acumula sete triunfos consecutivos, o Corinthians tem o seu ótimo momento como mandante acompanhado por forte presença dos seus torcedores no estádio e vem alavancando receitas expressivas com bilheterias em Itaquera.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

Com os 43.583 pagantes do clássico contra o Santos, recorde de público do clube desde a volta da Fiel à Arena, o Alvinegro passou a contabilizar um total de 180.212 ingressos vendidos. E por meio da comercialização destes bilhetes gerou uma renda bruta de R$ 10.044.334,7 e teve um lucro líquido de R$ 5.831.921,87, já descontando todas despesas pagas nestes seis jogos em casa.

Apenas na partida do último domingo, a renda bruta do duelo diante do Santos foi de R$ 2.566.138,80, sendo que R$ 1.645.936,04 sobraram como valor para entrar nos cofres corintianos. Assim, o clube já ultrapassou a casa dos R$ 10 milhões de valor bruto arrecadado por meio de bilheterias. E este número seria ainda maior se os dois primeiros jogos do time com o apoio da torcida não tivessem sido realizados com a Arena limitada a receber apenas 30% de sua capacidade de público devido às restrições da pandemia da Covid-19.

Nestas duas primeiras partidas com o estádio com essa limitação, 10.470 pagantes marcaram presença na vitória por 3 a 1 sobre o Bahia e 11.892 no triunfo por 1 a 0 diante do Fluminense, sendo que nestes confrontos as respectivas rendas com bilheteria foram de R$ 520.529,90 e R$ 604.926,60.

Já nos três duelos seguintes como mandante, todos com 100% da capacidade da Arena liberada e anteriores ao clássico contra o Santos, o time teve 39.734 pagantes e renda de R$ 2.267.484,60 na vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense; 36.059 ingressos vendidos e R$ 1.909.460,60 de arrecadação no triunfo sobre o Fortaleza pelo mesmo placar; e 38.474 entradas comercializadas e R$ 2.175.794,20 de valor de bilheteria no jogo em que bateu o Cuiabá por 3 a 2.

MÉDIA DE QUASE 40 MIL PAGANTES POR JOGO COM ARENA 100% LIBERADA

Se forem levados em conta apenas os duelos que o Corinthians disputou com a capacidade do seu estádio totalmente liberada, nos quais somou 157.850 ingressos vendidos em quatro partidas, a sua média de público nestes duelos foi de 39.462,5 pagantes. Já se forem somadas as 180.212 entradas vendidas para os últimos seis embates com torcedores, a média por jogo é de 30.035,3.

ARRECADAÇÃO DEVERÁ ATINGIR CERCA DE R$ 15 MILHÕES

Já a média de arrecadação do Corinthians nestes últimos seis confrontos como mandante foi de 1.674.055,78 por jogo. E com base na média bruta acumulada nos quatro jogos em que contou com 100% da Arena liberada à Fiel, o clube deverá chegar a algo em torno de R$ 15 milhões ao total arrecadados com bilheteria nesta reta final do Brasileirão, no qual ainda atuará em casa contra o Athletico-PR, no próximo domingo, e diante do Grêmio, no dia 5 de dezembro.

A renda bruta somada destes últimos quatro jogos com o estádio totalmente disponível para a torcida é de R$ 8.918.878,2, o que resulta em uma média de R$ 2.229.719,55 por confronto. Ou seja, se a mesma média for mantida nas duas partidas finais desta campanha, a arrecadação vai ficar próxima aos R$ 15 milhões, já que o valor total contabilizado até agora é de R$ 10.044.334,7.

TORCIDA EMPURRA O TIME RUMO À LIBERTADORES

No último domingo, o Corinthians conquistou a sua sétima vitória consecutiva como mandante. E essa sequência foi iniciada no duelo final sem torcida na Arena, com o triunfo por 2 a 1 sobre o Palmeiras no clássico válido pela 22ª rodada do Brasileirão. Depois disso, o time engatou seis triunfos seguidos com o apoio da Fiel, em sequência fundamental para a equipe hoje ocupar a quarta posição da tabela, fechando a zona de acesso à fase de grupos da Libertadores.

Ao mesmo tempo, porém, o Corinthians amarga um jejum de sete partidas sem vencer fora de casa, sendo que acumulou quatro derrotas e três empates nestes confrontos. Nesta quinta-feira, às 20h, contra o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, o Timão terá uma nova chance de finalmente voltar a ganhar como visitante, o que aconteceu pela última vez no dia 28 de agosto, quando bateu o Grêmio por 1 a 0, em Porto Alegre, na penúltima rodada do primeiro turno.

Confira os números do Corinthians com bilheterias desde a volta da Fiel:

Corinthians x Bahia
Público: 10.470 pagantes
Renda bruta arrecadada: R$ 520.529,90
Renda líquida a receber: R$ 168.212,19

Corinthians x Fluminense
Público: 11.892 pagantes
Renda bruta arrecadada: R$ 604.926,60
Renda líquida a receber: R$ 231.106,04

Corinthians x Chapecoense
Público: 39.734 ingressos
Renda bruta arrecadada: R$ 2.267.484,60
Renda líquida a receber: R$ 1.423.479,66

Corinthians x Fortaleza
Público: 36.059 ingressos
Renda bruta arrecadada: R$ 1.909.460,60
Renda líquida a receber: R$ 1.055.579,04

Corinthians x Cuiabá
Público: 38.474 pagantes
Renda bruta arrecadada: R$ 2.175.794,20
Renda líquida a receber: R$ 1.307.608,90

Corinthians x Santos​

Público: 43.583 pagantes
Renda bruta arrecadada: R$ 2.566.138,80
Renda líquida a receber: R$ 1.645.936,04

Total contabilizado nos seis jogos:
Público: 180.212 pagantes
Renda bruta arrecadada: R$ 10.044.334,7
Renda líquida a receber: R$ 5.831.921,87


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos