Corinthians vai esgotar possibilidades com Renato Gaúcho antes de buscar outro nome

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Corinthians vive momento de expectativa em relação à contratação de Renato Gaúcho como novo técnico. Depois de reunião entre seu empresário e a cúpula alvinegra, o treinador já sabe do que foi falado e qual é o projeto apresentado. Resta agora dar o sinal verde ou não para a negociação. Enquanto isso, o clube foca 100% nessa possibilidade e não busca outro alvo.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Estudo mostra os clubes com maior valor de mercado do mundo; veja lista

Nesta fase do relacionamento entre as partes o status é de espera, uma vez que o contato já foi feito e depende do posicionamento de Renato, que foi abastecido com o que Gauchinho, seu agente, ouviu dos dirigentes corintianos. Nenhum prazo foi dado, mas a tendência é que nesta quinta-feira o ex-gremista dê uma resposta (positiva ou não), a fim de dar o próximo passo.

No Timão, o foco é esgotar todas as possibilidades com Renato Gaúcho, tanto esportivas quanto financeiras, antes de iniciar conversas com um novo alvo para a função. Embora muitos nomes estejam na lista, nenhum foi definido como segunda opção e nenhum teve contato iniciado com o clube.

Embora não se fale em prazo para esperar Renato, há quem diga que com o sim ou o não, a partir de sexta-feira um nome como plano B pode ser definido e em seguida contatado. Isso porque o objetivo do Corinthians é ter um técnico trabalhando com pelo menos uma semana antes do início do Campeonato Brasileiro. O Timão joga com o Atlético-MG no dia 30, pela primeira rodada.

Se Renato der o "OK" tão sonhado pela torcida e pela diretoria corintiana, aí sim os detalhes contratuais, como salário e tempo de vínculo, serão discutidos e colocados no papel. No momento a conversa é sobre o técnico topar ou não o projeto apresentado pelo Timão. Além do oferecido financeiramente e esportivamente, o comandante gaúcho levará em conta questões pessoais.

Aos 58 anos, Renato Gaúcho trabalhou por quase cinco no Grêmio nesta última passagem, conquistando oito títulos, entre eles uma Copa Libertadores, em 2017. Desempregado desde abril, ele já teve conversas para assumir o Santos, mas o negócio não foi para frente. Se fechar com o Corinthians, será sua primeira experiência profissional (jogador e técnico) em São Paulo.