Corinthians vê estratégia para ter Pedro Raul surtir efeito

Vice-artilheiros do Brasileirão, Pedro Raul quer jogar no Corinthians no ano que vem (Foto: Instagram/Pedro Raul)


O Corinthians está bastante animado para ter o atacante Pedro Raul no seu elenco em 2023. A direção do clube tem conversado com o estafe do atleta há algumas semanas e já formalizou o interesse à eles. A estratégia adotada pelo clube alvinegro foi justamente a de sair na frente através do contato com os representantes do jogador para ganhar vantagem em relação a outros interessados.

+ Confira detalhes da terceira camisa e a nova linha do Corinthians em alusão ao Mundial do Japão

O Timão estava aguardando somente a definição do valor do atleta, que atua pelo Goiás por empréstimo, pois pertence ao Kashiwa ReySol, do Japão. O clube japonês estipulou o preço de 5 milhões de dólares (R$ 25,9 mi, na cotação atual) pelo atacante de 25 anos. O valor foi considerado acessível, principalmente por se tratar do vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 18 gols marcados.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, equipes como Atlético-MG, Botafogo e Flamengo chegaram a buscar informações sobre Pedro Raul, mas quando isso ocorreu já estavam atrás da direção corintiana, que monitorava o centroavante. Essa agilidade da equipe alvinegra foi fundamental para estreitar relações com o estafe do atleta. Até mesmo o jogador se animou com a forma com que o Corinthians tem demonstrado interesse e está bastante afim de vestir a camisa alvinegra na próxima temporada.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

A parte salarial, que poderia ser um problema, já foi conversada. Os corintianos ofereceram uma quantia bem superior à que Pedro Raul recebe no Goiás atualmente, mas ainda abaixo dos principais vencimentos do elenco. Hoje, a folha do Timão gira em torno de R$ 20 milhões por mês, com as principais estrelas recebendo entre R$ 1 e 1,5 milhão mensalmente.