Corinthians treina finalizações e trabalha em campo reduzido

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Corinthians segue sua preparação para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Na manhã desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, o Timão fez mais um treino de olho na partida da próxima segunda, às 20h, na Neo Química Arena, diante do Goiás, pela 26ª rodada da competição nacional.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Oito anos do título Mundial do Corinthians: saiba onde estão os jogadores

No terceiro dia de treinamento da semana, o preparador físico Flávio de Oliveira comandou o aquecimento no Campo 1 (Ronaldo Soares Giovanelli). Depois, os atletas foram até o Campo 3 (Roberto Rivellino), onde o técnico Vagner Mancini preparou uma atividade de cruzamentos e finalizações.

Em seguida, o treinador corintiano separou o elenco em três times para um trabalho em campo reduzido. Duas equipes se enfrentavam e, quem marcasse, ficava em campo para encarar os jogadores que estavam fora. Caso ninguém fizesse o gol, a cada dois minutos, o time há mais tempo na atividade saía.

Vale lembrar que os jornalistas não podem acompanhar os treinos in loco por conta dos protocolos de saúde em decorrência da pandemia de coronavírus. As informações, assim, são fornecidas pela assessoria de imprensa do clube.

Mancini não contou com três jogadores no treinamento: o zagueiro Raul Gustavo e o meia Roni, ambos com a equipe sub-23, além de Cantillo, que se recupera de lesão muscular no adutor da coxa direita e deve estar à disposição apenas no fim deste mês, sendo desfalque nos dois próximos jogos do Timão. Quem retorna é Jô, que cumpriu suspensão no clássico com o São Paulo.

Ainda na tarde desta quinta-feira, os atletas realizarão um trabalho específico de fortalecimento no CT. Já nesta sexta, novamente na parte da manhã, o elenco volta a treinar no campo. Serão, ao todo, seis dias de preparação para pegar o Goiás. Atualmente, o Alvinegro ocupa a 10ª posição na tabela do Brasileirão com 33 pontos, oito atrás da zona de classificação da Libertadores.