Corinthians terá economia grande com troca de Carille por Tiago

Yahoo Esportes
Tiago vai assinar com o Timão até dezembro de 2020 (Gabriel Machado/AGIF)
Tiago vai assinar com o Timão até dezembro de 2020 (Gabriel Machado/AGIF)

Cerca de R$ 600 mil de economia por mês. É esse o saldo financeiro que o Corinthians terá com a saída de Fábio Carille e quatro membros de sua comissão técnica na comparação com a chegada de Tiago Nunes e outros cinco assistentes - os auxiliares Evandro Fornari, Tarcísio Pugliese, Kelly Guimarães, o preparador físico Túlio Flores e o analista de desempenho Pedro Sotero.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Os números foram confirmados por uma pessoa da alta cúpula corintiana. Tiago Nunes e seus auxiliares vão custar R$ 850 mil mensais ao Timão. O valor é um pouco menor ao que Carille embolsava sozinho no Parque São Jorge - ele voltou valorizado após pedir demissão na Arábia Saudita.

Leia também:

Porém, o Corinthians ainda gastava mais com os auxiliares Cuquinha e Fabinho, o preparador físico Walmir Cruz e o analista de desempenho Denis Lupp. O quarteto, somado a Carille, custava por mês R$ 1,45 milhão ao Timão.

Em dez meses, o Corinthians vai recuperar todo o dinheiro que gastará com a demissão de Carille. Vale lembrar que o ex-treinador tem direito a R$ 2,8 milhões como multa rescisória e outros R$ 3,2 milhões referentes a dívidas do clube - de luvas e bichos.

Tiago Nunes fechou com o Corinthians até dezembro de 2020. Em princípio, ele só assumirá o clube a partir de janeiro. Mas, como acabou demitido pelo Athletico Paranaense nesta terça-feira, existe a esperança no Timão de que ele comece a trabalhar em breve. O Timão gostaria que ele estivesse nesta quarta-feira na arena em Itaquera para ver o jogo contra o Fortaleza.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também