Corinthians tenta superar histórico ruim e dá prioridade inédita à Sul-Americana

MARCOS GUEDES
·4 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians fará sua estreia na edição 2021 da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (22), encarando a competição como nunca fez. O torneio continental de segundo escalão está entre as prioridades alvinegras na temporada e será levado com seriedade desde a primeira rodada. A campanha terá início em um duelo com o River Plate paraguaio, às 21h30 (de Brasília), em Assunção, com transmissão exclusiva da Conmebol TV. O clube do Parque São Jorge espera começar bem uma tentativa que é ilustrativa de seu momento atual, cheio de dificuldades. O adversário não é o River original e a disputa não é a prestigiada Copa Libertadores. Mas o time preto e branco fracassou na busca por uma vaga no principal campeonato do continente e resolveu abraçar a realidade que se impõe. "A Sul-Americana é muito importante para o Corinthians. É um título que ainda não temos, e vamos buscar", disse o técnico Vagner Mancini, disposto a encarar o peso que a competição representará em um calendário bastante apertado pela pandemia do novo coronavírus. O certame passa, nesta edição, a ter uma fase de grupos. Cabeça de chave do Grupo E, a equipe paulista enfrentará também o uruguaio Peñarol e o peruano Sport Huancayo -Huancayo fica a mais de 3.300 m do nível do mar, e a altitude é mais um fator de desgaste. "Se tivermos que jogar em um local um pouquinho mais distante, nós vamos. É nosso ofício, e a gente não pode ficar reclamando de cansaço de viagem", afirmou Mancini, relevando tudo aquilo que costumava incomodar na Sul-Americana. Há motivos claros que fizeram o clube olhar agora o torneio com outros olhos. Um deles é financeiro: o campeão levará um total de US$ 6,8 milhões (cerca de R$ 38 milhões), valor que seria muito bem-vindo para uma agremiação com sérios problemas de caixa. A dificuldade tem feito a diretoria cortar gastos, evitar contratações e apostar em garotos promovidos das categorias de base. Nesse cenário, a briga pela Sul-Americana se tornou um objetivo mais realista do que, por exemplo, a luta pelo Campeonato Brasileiro. Assim, a caminhada que terá início no estádio Defensores del Chaco se apresenta de maneira diferente neste ano. Em sua sétima participação na competição, o Corinthians está pela primeira vez dando real importância à conquista. Mesmo em 2019, quando atingiu as semifinais, o time só passou a tratar as partidas com mais seriedade à medida que foi se aproximando da decisão. Ainda assim, não conseguiu atingi-la: caiu diante do Independiente del Valle, do Equador. No geral, é bem fraco o retrospecto alvinegro no campeonato. Houve eliminações nas fases preliminares -no regulamento antigo, existiam etapas prévias nacionais- e seguidos fracassos em oitavas e quartas de final. O desempenho também não foi memorável nos torneios que antecederam a Sul-Americana no papel de disputas continentais de segundo nível. Nas extintas Copa Conmebol e Copa Mercosul, o Corinthians nunca foi além das semifinais. * O CORINTHIANS NA COPA SUL-AMERICANA E NOS TORNEIOS QUE A ANTECEDERAM Copa Conmebol 1994 – eliminado nas semifinais Corinthians 3 x 4 São Paulo São Paulo (5) 2 x 3 (4) Corinthians Copa Conmebol 1995 – eliminado nas quartas de final Corinthians 2 x 1 América de Cali América de Cali 3 x 1 Corinthians Copa Mercosul 1998 – eliminado na fase de grupos Olimpia 2 x 2 Corinthians Corinthians 1 x 2 Racing Corinthians 1 x 1 Peñarol Corinthians 1 x 2 Olimpia Racing 1 x 0 Corinthians Peñarol 0 x 2 Corinthians Copa Mercosul 1999 – eliminado nas quartas de final San Lorenzo 2 x 1 Corinthians Corinthians 1 x 2 San Lorenzo Copa Mercosul 2000 – eliminado a fase de grupos Corinthians 1 x 2 Nacional-URU Boca Juniors 3 x 0 Corinthians Corinthians 1 x 2 Olimpia Nacional-URU 1 x 1 Corinthians Corinthians 2 x 2 Boca Juniors Olimpia 3 x 2 Corinthians Copa Mercosul 2001 – eliminado nas semifinais Corinthians 2 x 1 San Lorenzo San Lorenzo 4 x 1 Corinthians Copa Sul-Americana 2003 – eliminado na fase preliminar Corinthians 0 x 2 Atlético-MG Fluminense 2 x 0 Corinthians Copa Sul-Americana 2005 – eliminado nas quartas de final Corinthians 2 x 1 Pumas Pumas 3 x 0 Corinthians Copa Sul-Americana 2006 – eliminado nas oitavas de final Corinthians 0 x 0 Lanús Lanús 4 x 2 Corinthians Copa Sul-Americana 2007 – eliminado na fase preliminar Botafogo 3 x 1 Corinthians Corinthians 1 x 2 Botafogo Copa Sul-Americana 2017 – eliminado nas oitavas de final Corinthians 1 x 1 Racing Racing 0 x 0 Corinthians Copa Sul-Americana 2019 – eliminado nas semifinais Corinthians 0 x 2 Independiente del Valle Independiente del Valle 2 x 2 Corinthians * RIVER PLATE-PAR Azcona; Giménez, Navarro, Carlos Montiel e Castellano; Marcelo González, Osmar Molinas, Aldo Quiñonez e Diego Godoy; Zeballos e Mario Otazú. T: Celso Ayala CORINTHIANS Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Xavier (Cantillo ou Gabriel) e Camacho; Gustavo Mosquito, Luan e Otero; Jô. T.: Vagner Mancini Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção (PAR) Horário: 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira (22) Árbitro: Dário Herrera (ARG) Transmissão: Conmebol TV