Corinthians tem planos para o futuro de Danilo, ídolo anunciado como treinador do Sub-23

Antonio Mota
·3 minuto de leitura

Após oficializar a volta do ex-meia Alex e do ex-lateral Alessandro ao clube, o Corinthians anunciou, na tarde da última terça-feira (19), o retorno do ex-meio-campista e ídolo Danilo ao Parque São Jorge. Aos 41 anos, o velho conhecido da Fiel regressou ao time para ser o novo treinador da polêmica equipe Sub-23 do Timão.

De acordo com informações do ge, o Alvinegro Paulista quer reformular o Sub-23, equipe aspirante que foi muito criticada nos últimos dois anos. Sob a nova gestão do presidente Duílio Monteiro Alves, o clube planeja fortalecer a estrutura fora das quatro linhas para obter resultados dentro de campo com a categoria.

Internamente, o Corinthians – com o ex-meio-campista Alex na coordenação técnica – trabalha para tornar a categoria realmente funcional e útil na formação dos atletas, já pensando no profissional. E agora, também, na preparação do novo treinador: Danilo.

Ainda conforme o ge, o Timão montou um planejamento para que os profissionais das divisões inferiores do clube assumam espaços em aberto na equipe principal no futuro. E com Danilo não vai ser diferente. O ex-meia não tem nenhuma experiência como treinador, mas a equipe montou um projeto de longo prazo no Sub-23 para ele e vai ter paciência.

Ídolo, o ex-meia Danilo é o novo treinador do Sub-23 do Corinthians. | AFP/Getty Images
Ídolo, o ex-meia Danilo é o novo treinador do Sub-23 do Corinthians. | AFP/Getty Images

Além disso, para ajudar na preparação de Danilo, o Corinthians vai montar nos próximos dias uma comissão técnica capacitada e com nomes escolhidos também com a opinião do próprio ex-jogador. Com isso, o clube espera cercar o novo treinador de profissionais mais experientes e rodados que possam dar suporte para a sua transição. Cabe notar que o ex-meia tem a Licença B da CBF.

Um outro detalhe importante é que o Brasileirão de Aspirantes, competição do Sub-23, vai começar apenas no próximo mês de junho. Ou seja, o treinador tem tempo “de sobra” para se adaptar ao novo cargo e ao elenco e também para conseguir trabalhar, testar e aplicar suas ideias.

Danilo e o 'atraso' para chegar ao Timão

Ídolo, Danilo defendeu o Corinthians durante boa parte da década de 2010. Ao todo, ele disputou 359 partidas pelo clube, com 35 gols marcados e oito títulos conquistados – incluindo uma Conmebol Libertadores e um Mundial de Clubes. Todos esses feitos são muito bem-vistos nos bastidores do Timão. Além disso, o clube também o enxerga como um excelente profissional e como um nome que impõe respeito aos mais jovens.

Uma curiosidade é que o retorno do ídolo corintiano estava planejado para acontecer há um ano – tempos após sua aposentadoria, no meio de 2019. Contudo, com a demissão de Fábio Carille, os planos não avançaram. A princípio, o novo treinador do Sub-23 começaria como auxiliar de Carille na temporada de 2020.

“O clube tinha a ideia de que ele fosse um diretor, mas sempre deixou claro que não era a praia dele, que o negócio dele era campo. E aí começamos a conversar sobre isso. Mas depois eu saí e isso não andou. Tenho muita admiração pela pessoa e pelo profissional que Danilo é. Por onde passou, foi campeão. Tenho certeza que terá muito sucesso. Que seja persistente e acredite nas ideias dele”, declarou Carrile, técnico do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, em entrevista ao ge.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.