Corinthians se reapresenta, e Arana deve ser desfalque contra o Linense

Lateral sofreu uma pancada no pé esquerdo, após entrada dura do são-paulino Wellington Nem, e ainda não sabe se terá condições para jogar na quarta-feira

Sem tempo para descansar, o Corinthians se reapresentou na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, após o empate por 1 a 1 com o São Paulo, com problemas para o duelo contra o Linense, quarta-feira, em Itaquera. Autor da assistência para o gol de Jô, o lateral-esquerdo Guilherme Arana deve ser desfalque para a última rodada da primeira fase do Paulistão.

No clássico, o corintiano sofreu uma pancada no pé esquerdo durante uma dura entrada do são-paulino Wellington Nem. Arana passou por uma avaliação prévia dos médicos do clube e está com uma proteção no local para auxiliar na recuperação e aliviar as dores.

- O doutor deu uma olhada, mexeu no meu pé. Não chegou a torcer, foi só a pancada mesmo. Vou passar por tratamento, talvez eu fique fora desse jogo de quarta-feira. Ele vai ver com a fisioterapia, mas está tudo bem e vou poder participar das finais - garantiu o jogador que chegou mancando para conceder entrevista coletiva.

Arana ainda será submetido a exames médicos para saber a gravidade do problema. Ele, no entanto, já é considerado dúvida para a partida. Se confirmada a baixa, o técnico Fabio Carille deve utilizar o jovem Moisés, de 22 anos, na posição.

- O doutor conversou comigo, falou que vai depender do tratamento e da minha recuperação. Sou dúvida. Se melhorar, estou à disposição - completou.

Além do lateral, o Timão não poderá contar com o volante Rodriguinho e o zagueiro Pablo, que receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

TREINO

Depois do empate no Morumbi, o elenco se reapresentou e participou de atividades no centro de treinamento. Os titulares fizeram um trabalho de recuperação nas dependências internas, na academia, enquanto o restante do elenco realizou um trabalho técnico no gramado.

A novidade do dia foi a presença do atacante Carlinhos, de 20 anos. Recuperado de uma cirurgia no púbis, o jogador foi a campo e voltou a trabalhar com bola.















E MAIS: