Corinthians repudia confusão e relata 218 cadeiras danificadas

O Corinthians venceu, na quarta-feira, a Unversidad de Chile por 2 a 0 na Arena Corinthians, em jogo válido da Copa Sul-Americana. Contudo, o confronto não ficou apenas no futebol. A torcida visitante entrou em conflito com a polícia militar e acabou depredando cadeiras da arquibancada destinada aos adeptos do adversário do clube local.

De acordo com nota oficial do Timão, no total 218 peças foram danificadas, entre elas assento e encostos. Um corrimão, uma tampa de privada e uma porta de vidro também foram quebrados. No comunicado, o Corinthians também lamentou o ocorrido e informou que irá buscar, junto a Conmebol, confederação que organiza a competição, defender os seus direitos.

Leia mais:

No Corinthians, Gabriel ganha confiança para chutar de longe

Jô acha que o Corinthians provou estar preparado para fase decisiva

Clayton começa a se sentir à vontade a serviço do Corinthians

Além disso, o clube alvinegro se colocou à disposição da Polícia Militar e das autoridades competentes para esclarecer os fatos que ocorreram no estádio de Itaquera. No total 26 torcedores chilenos foram detidos.

Confira o comunicado divulgado pelo Corinthians

“O Corinthians lamenta profundamente os fatos ocorridos ontem, na Arena Corinthians, envolvendo a torcida da Universidad de Chile e informa que irá buscar seus direitos junto aos órgãos competentes da Conmebol.

Os atos de depredação da torcida visitante resultaram em 218 peças, entre assentos e encostos, quebradas. Foram arrancados, também, um corrimão da arquibancada visitante e uma tampa de um vaso sanitário, além de uma porta de vidro do portão de credenciamento do estádio.

Diante de tais acontecimentos, a Polícia Militar agiu prontamente para reestabelecer a ordem, coibindo os atos de vandalismo e a depredação do patrimônio. Desde ontem, o Corinthians vem colaborando com as autoridades e órgãos responsáveis, para apuração do ocorrido e identificação dos responsáveis pelo problema.

Seguiremos à disposição das autoridades, assim como da equipe chilena, para esclarecimento e resolução dos fatos ocorridos ontem, na Arena Corinthians

Sport Club Corinthians Paulista”