Corinthians renova com Arana, Maycon e mais dois da base

O Corinthians resolveu se resguardar contra possíveis assédios vindos de clubes do exterior e estendeu seu vínculo com quatro promessas das suas categorias de base que estão no profissional. Além do lateral esquerdo Guilherme Arana e do volante Maycon, titulares do técnico Fábio Carille, o Alvinegro também assinou novo contrato com o goleiro Caíque França e o volante Marciel, todos com razoável aumento salarial e consequente aumento no valor da multa rescisória.

A maior extensão se deu para o arqueiro, atualmente na reserva de Cássio e que já atuou em uma partida oficial pelo clube, no ano passado. O jovem goleiro Caíque, que treina entre os profissionais desde os 16 anos de idade após jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2013, estava assegurado no clube apenas até o final deste ano, mas prorrogou o seu vínculo até dezembro de 2020.

Logo depois vem o volante Maycon, destaque nas categorias de base em 2015, emprestado para a Ponte Preta no ano passado e titular da Seleção brasileira Sub-20 no último Sul-Americano da categoria. Com moral após as boas atuações nos clássicos contra Palmeiras e Santos, ele renovou seu vínculo, que anteriormente iria até fevereiro de 2019, para dezembro de 2021.

Marciel, que também foi cedido por empréstimo no ano passado, passando pouco mais de seis meses no Cruzeiro, assinou vínculo até dezembro de 2020. O jovem foi promovido para o profissional em 2015 e logo de cara fez parte da campanha do hexacampeonato, marcando até gol na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense. O contrato antigo terminaria em março de 2018.

Talvez o mais badalado do quarteto, Guilherme Arana era também o que tinha contrato mais longo já assinado, até o final de 2019, assegurado logo após sua boa participação no título brasileiro de 2015. Dono da posição com a saída de Uendel, Arana agora tem vínculo válido até dezembro de 2021.