Corinthians rejeita troca de Léo Santos por Arana

Yahoo Esportes
<em>Léo Santos deve perder espaço com reforços do Timão para a zaga (Daniel Augusto Jr/Ag. Coirnthians)</em>
Léo Santos deve perder espaço com reforços do Timão para a zaga (Daniel Augusto Jr/Ag. Coirnthians)

Depois do desacordo financeiro entre Corinthians e Sevilla por Guilherme Arana, houve uma nova tentativa de acordo entre as partes. E a oferta partiu dos espanhóis, que quiseram trocar, em definitivo, o lateral-esquerdo pelo zagueiro Léo Santos. Porém, a ideia acabou não sendo bem aceita no Parque São Jorge.

O Corinthians entende que Léo Santos pode valer em breve mais do que os € 8 milhões (R$ 33,8 milhões) combinados com o Sevilla por Arana. Com a lembrança de que o Timão só estava disposto a pagar tão quantia em diversas parcelas, a partir do ano que vem. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia mais:
– Paulo Nobre volta a se aliar a Mustafá no Palmeiras
– Santos precisa de um 9. Cueva estreou bem
– Situação tem larga vitória em eleição no Palmeiras

Foi aí que o negócio emperrou. O Sevilla concordou em vender Arana para o Corinthians no fim do mês passado por € 8 milhões, mas exigiu o pagamento de 50% do valor à vista e os outros 50% parcelados, até o ano que vem. Detalhe: com garantias bancárias, o que fariam a operação ficar mais cara para os alvinegros.

O mais curioso em relação ao veto do Corinthians em liberar Léo Santos é que o zagueiro da base deve ter cada vez menos espaço no elenco de Fábio Carille. Ele já era reserva depois da contratação de Manoel, junto ao Cruzeiro. Na última semana, o setor ainda ganhou mais dois reforços: Bruno Méndez e Lucão.

Léo Santos havia sido especulado recentemente no Real Madrid e acabou oferecido por seu empresário, Giuliano Bertolucci, ao Porto. Em busca de um substituto para Éder Militão, vendido ao Real, o Porto só cogitou ficar com Léo Santos se for por empréstimo, sem custos.

Méndez vai custar pouco mais de R$ 13 milhões ao Timão e chega cheio de moral depois de despertar a atenção de vários clubes, entre eles o São Paulo. O garoto de 19 anos de idade teve ótimas atuações com a camisa da seleção uruguaia no Sul-Americano sub-20, que está sendo disputado no Chile.

Já Lucão desembarca no Corinthians de graça depois de ser liberado pelo São Paulo para assinar um contrato por duas temporadas. Sem clima para continuar no Morumbi, Lucão ainda manteve 40% de seus direitos econômicos presos ao Tricolor, imaginando que ele possa se valorizar e render algum dinheiro ao clube que o revelou.


Leia também