Corinthians quita dívida com clube uruguaio por Bruno Méndez

Alexandre Guariglia
·1 minuto de leitura


O Corinthians tirou mais um "problema" da frente neste fim de ano. Desta vez o clube equacionou a dívida que tinha com o Montevideo Wanderers-URU pela compra de Bruno Méndez. Dessa forma, o Alvinegro se livra de possível pendência na Fifa e quita os valores na íntegra com os uruguaios. A informação foi divulgada primeiramente pelo "Meu Timão" e confirmada pelo LANCE!.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Relembre 20 momentos mais marcantes do Corinthians na década

No total, o Timão estava devendo 1,5 milhão de dólares (R$ 7,8 milhões na cotação atual) ao Montevideo, referentes a uma parcela atrasada de janeiro, no valor de 1 milhão de dólares (R$ 5,2 milhões), e outra atrasada de junho, no valor de 500 mil dólares (R$ 2,6 milhões). Ambas foram pagas neste mês.

Dessa forma, o Corinthians evita que o caso vá mais uma vez para Fifa, como aconteceu no atraso anterior (referentes a parcelas de 2019), em que o clube teve um prazo para quitar as pendências antes de ser punido pela entidade. Bruno foi contratado no início do ano passado pelo valor de 3,5 milhões de dólares (R$ 18,5 milhões na cotação da época) por 70% de seus direitos.

Atualmente, o uruguaio tem sido titular do Timão e não jogou a última partida pois estava punido pelo terceiro cartão amarelo. Seu substituto foi Jemerson, contratado recentemente, e que fez sua estreia no último domingo. Eles devem disputar a posição na zaga ao lado de Gil nos próximos jogos da temporada. Aos 21 anos, Bruno disputou 13 duelos pelo Alvinegro em 2020.