Corinthians quita dívida com clube uruguaio e evita sanções na Fifa

Alexandre Guariglia
LANCE!


O torcedor do Corinthians pode respirar aliviado em relação a uma possível punição na Fifa. Isso porque o clube pagou, nesta terça-feira, parcela em atraso referente à compra de Bruno Méndez junto ao Montevideo Wanderers e se livrou das sanções que a entidade máxima do futebol poderia impôr por conta do processo movido pelos uruguaios. A informação foi dada primeiramente pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo LANCE!.

Para não ser punido, o Timão tinha até esta terça-feira para quitar a pendência, caso contrário poderia ficar sem a permissão para contratar jogadores em uma janela de transferências, como acontece com o Santos, neste momento, devido a valores não pagos ao Hamburgo na compra do zagueiro Cléber Reis. Em resumo, Jô e Léo Natel poderiam não ser inscritos pela diretoria corintiana.

De acordo com a reportagem do GloboEsporte.com, o presidente do Montevideo, Gabriel Blanco, confirmou o recebimento do valor devido, que é de 1 milhão de dólares (R$ 5,15 milhões na cotação atual). Essa parcela é a segunda das quatro acordadas no ato da compra, e deveria ter sido paga em junho de 2019. A parcela referente ao mês de dezembro do ano passado também está em débito e o processo sobre ela está em andamento na Fifa.



O valor da terceira parcela é o mesmo da anterior: 1 milhão de dólares (R$ 5,15 milhões na cotação atual). Já a quarta e última parcela vence no fim deste mês, portanto ainda está no prazo para quitá-la e trata-se de uma quantia menor do que as outras três: 500 mil dólares (R$ 2,58 milhões na cotação atual).

A primeira parcela foi paga pelo Corinthians no início do ano passado, quando 70% dos direitos econômicos de Bruno Méndez haviam sido adquiridos junto ao Montevideo Wanderers. Ao todo, a operação custará 3,5 milhões de dólares (R$ 18 milhões na cotação atual) pela promessa uruguaia de 20 anos.

Reserva e ainda em busca de espaço no time, o zagueiro, que é uma das maiores promessas de seu país, tem apenas oito partidas oficiais com a camisa alvinegra. Brigando por vaga na zaga com Gil e Pedro Henrique, já chegou a jogar como lateral-direito no Timão e tem dois jogos pela seleção do Uruguai.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também