Corinthians pode ser punido por comportamento da torcida na reta final do Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Torcida corintiana fez as mais diversas provocações ao Grêmio na reta final do Brasileirão. Foto: Alexandre Schneider/Getty Images
Torcida corintiana fez as mais diversas provocações ao Grêmio na reta final do Brasileirão. Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

As provocações e atos da torcida do Corinthians no jogo contra o Grêmio, pela 37ª rodada do Brasileirão do ano passado podem render punição ao clube paulista. Isso porque o alvinegro foi denunciado pela procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) no artigo 213 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva).

O julgamento acontece na próxima semana e caso o clube seja considerado culpado, a pena pode ser uma multa de R$ 100 mil ou até a perda do mando de campo por, no máximo, dez jogos.

Leia também:

O artigo no qual o Corinthians foi enquadrado prevê punição por “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir”.

No jogo que terminou empatado em 1 a 1 e praticamente selou o rebaixamento do clube gaúcho, o árbitro Bruno Arleu de Araújo relatou na súmula dois incidentes. O primeiro foi no gol do Grêmio, quando torcedores atiraram objetos em direção aos jogadores visitantes.

“Aos 39 minutos do primeiro tempo, após o gol da equipe do Grêmio, durante a comemoração dos jogadores, atrás da meta defendida pelo Corinthians, foi arremessado da arquibancada, onde se encontravam os torcedores do Corinthians, um tênis na direção dos jogadores do Grêmio, porém não atingiu ninguém, caindo fora do campo de jogo. Até o fechamento da súmula, não foi identificado o autor, tampouco apresentado algum registro de ocorrência”, relatou.

A outra aconteceu já no fim do jogo, logo após o gol de empate corintiano, quando foram acesos sinalizadores nas arquibancadas, o que causou a paralisação da partida.

“Aos 45 minutos do segundo tempo, paralisei a partida por 40 (quarenta) segundos em virtude de, atrás da meta defendida pelo Grêmio, onde se encontrava a torcida do Corinthians, serem acendidos sinalizadores, ocasionando uma grande nuvem de fumaça para dentro do campo de jogo, impossibilitando a continuidade da partida. Ato comuniquei ao policiamento e ao delegado da partida”, escreveu o juiz.

O confronto entre os clubes foi cercado de muita polêmica, já que em 2007, quando o Corinthians acabou rebaixado para a Série B do Brasileirão, o jogo que marcou a queda foi justamente contra o Grêmio e os torcedores corintianos viram a partida de 2021 como a oportunidade de devolver a humilhação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos