Corinthians perde de virada em Itaquera para o Atlético-MG

LUCA CASTILHO
·2 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, 14.11.2020 – CORINTHIANS-ATLÉTICO-MG: Partida entre Corinthians e Atlético-MG, válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro série A 2020, realizada na Neo Química Arena, na zona leste de São Paulo, na noite deste sábado (14). (Foto: André Pera/Agência F8/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 14.11.2020 – CORINTHIANS-ATLÉTICO-MG: Partida entre Corinthians e Atlético-MG, válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro série A 2020, realizada na Neo Química Arena, na zona leste de São Paulo, na noite deste sábado (14). (Foto: André Pera/Agência F8/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A invencibilidade de três jogos no Brasileirão --com duas vitórias e um empate-- do Corinthians caiu neste sábado (14). Recebendo o Atlético-MG na Neo Química Arena pela 21ª rodada da competição, o Timão abriu o placar na etapa inicial com Davó, mas levou a virada no segundo tempo com gols de Arana e Marrony, e saiu derrotado de virada por 2 a 1.

Apesar do revés, a equipe de Vagner Mancini segue longe da zona de rebaixamento, mas também longe da parte de cima da tabela.

Logo aos 4min de jogo, um lance polêmico. O zagueiro Gil foi superado por Vargas na corrida e puxou o chileno dentro da área. O atacante foi ao chão, mas o árbitro nada marcou e o VAR não chamou o juiz.

No lance seguinte, aos 5min, o Timão abriu o placar. Luan lançou Ramiro, que avançou até a linha de fundo pela direita e cruzou. Davó apareceu livre na pequena área e marcou o gol.

Apesar da maior posse de bole e da marcação alta, o Atlético-MG sofria para furar a boa marcação do Corinthians, que explorava o contra-ataque.

O Galo voltou bem aos 21min. Guga cruzou para trás e achou Vargas, que mandou por cima da meta. Uma nova oportunidade surgiu apenas aos 47min para o Timão. Davó recebeu de Fagner, tentou driblar Everson, mas o goleiro se recuperou e afastou.

As equipes voltaram com a mesma postura para o segundo tempo. Demorou até uma chance ser criada, mas foi nela que o Galo igualou o placar em Itaquera.

Aos 17min, Vargas recebeu na entrada da área e, de calcanhar, tocou para Arana, que chegou sozinho, bateu cruzado e mandou para o fundo da rede de Cássio.

O gol animou os mineiros que partiram para cima do Corinthians. Aos 28min, Arana cobrou escanteio, Réver cabeceou para Rabello, que mandou para o meio da área. Nathan chutou e Cássio salvou em cima da linha.

Quando o jogo se encaminhava para um empate, o Galo fez o gol da virada, aos 37min. Keno recebeu pela direita, fez uma grande jogada e cruzou para Marrony, que cabeceou para a rede.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Gabriel (Cantillo), Ramiro (Araos), Roni (Éderson) e Luan; Everaldo (Léo Natel) e Matheus Davó (Jonathan Cafu) Técnico: Vagner Mancini

ATLÉTICO-MG

Everson; Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho (Nathan); Eduardo Vargas (Bueno), Keno (Hyoran) e Eduardo Sasha (Marrony) Técnico: Jorge Sampaoli

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Auxiliares: Alex dos Santos e Henrique Neu Ribeiro (ambos de SC)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Cartões amarelos: Roni, Ramiro e Davó (C); Jair, Keno, Réver, Vargas e Victor (A)

Gols: Matheus Davó, aos 5min do primeiro tempo; Guilherme Arana, aos 17min, e Marrony aos 37min do segundo