Corinthians perde semifinal nos pênaltis e dá adeus à Libertadores Feminina

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Time com a melhor campanha da Libertadores Feminina até as semifinais, o Corinthians acabou derrotado pelo América de Cali nesta quarta-feira (17) nos pênaltis, por 4 a 3, e perdeu a chance de disputar a decisão do torneio. A equipe brasileira buscava o tricampeonato. No tempo normal, houve um empate, por 1 a 1. Além da frustração pela queda, as corintianas lamentaram ainda o fato de a vaga na final ter escapado nos acréscimos do segundo tempo, quando Guarecuco empatou a partida, aos 48 minutos. Tamires havia aberto o marcador, também na etapa final, aos 12. Nas penalidades, Gabi Nunes e Diany desperdiçaram suas cobranças para o Corinthians. Agora as colombianas vão enfrentar o vencedor do confronto entre Ferroviária e Universidad de Chile, marcado para esta quinta-feira (18), às 17h, com transmissão do Facebook e do canal Conmebol TV. A decisão será no domingo (21), às 18h (horário de Brasília), no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires. Campeão continental em 2017 e 2019, o Corinthians estava com 100% de aproveitamento até a partida desta quarta, com quatro vitórias, 34 gols marcados e nenhum sofrido. Na única vez em que o time alvinegro acabou vazado, isso lhe custou o sonho do tricampeonato. As brasileiras foram a sensação do campeonato desde a abertura, quando golearam El Nacional, do Equador, por 16 a 0. Suspensa no ano passado devido à pandemia da Covid-19, a atual edição do torneio é relativa ao calendário da temporada passada. Além do adiamento, houve ainda a troca de sede. Prevista para ocorrer no Chile, foi levada para a Argentina. A exemplo do que havia ocorrido no duelo pela primeira fase, o time de Cáli se mostrou como adversário mais complicado para as alvinegras. Num primeiro tempo amarrado no meio de campo, sem muita criatividade das jogadoras de armação, foi pelas laterais, na base de cruzamentos, que o Corinthians conseguiu chegar com mais perigo. Na melhor oportunidade, Pardal cabeceou a bola e a goleira Tapia fez uma defesa à queima-roupa antes. Depois do intervalo, o Corinthians seguiu pressionando no ataque até encontrar o gol, aos 12 minutos, quando Tamires arriscou de longe e contou com uma falha da goleira para abrir o placar. Nos acréscimos, Guarecuco empatou com um belo chute de primeira, de fora da área, que encobriu a goleira Tainá.