Corinthians perde 'fator casa' e amarga pior sequência como mandante desde 2007

·1 minuto de leitura

De fortaleza alvinegra à "salão de festas" dos adversários: a Neo Química Arena deixou de ser um fator decisivo em favor do Corinthians, que na noite desta quarta-feira (16), sofreu mais um revés jogando em seus domínios.

O Alvinegro até teve um início de jogo promissor contra o Red Bull Bragantino, saindo na frente do placar através do jovem Roni. Contudo, a falta de regularidade acabou pesando mais uma vez sobre a equipe de Sylvinho, fazendo dela "presa fácil" para a intensidade do Massa Bruta: com gols de Aderlan e Eric Ramires, os visitantes viraram o placar para 2 a 1, confirmando a pior sequência do Corinthians como mandante em Brasileirão desde o ano do rebaixamento.

Corinthians não vence em casa há quatro jogos no Brasileirão | Alexandre Schneider/Getty Images
Corinthians não vence em casa há quatro jogos no Brasileirão | Alexandre Schneider/Getty Images

De acordo com o levantamento do jornalista Rodolfo Rodrigues (UOL Esportes), os dois tropeços em casa neste início de edição 2021 - derrotas para Atlético-GO e Bragantino -, somados aos dois empates contra Athletico e Vasco na reta final do Brasileirão passado, estabelecem uma 'seca' de quatro jogos sem vitória do Timão em seus domínios. É a pior marca do clube desde 2007, ano em que ficou sete partidas consecutivas sem vencer em casa.

Com a derrota para o Massa Bruta, o Corinthians permaneceu estacionado nos 4 pontos conquistados em 12 possíveis, mantendo a 12ª colocação de momento na Série A. Seu próximo adversário será o Bahia, em Salvador, no domingo (20).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos